Eleições Municipais 2020 sem biometria para evitar aglomerações nas seções eleitorais

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), vetou a biometria nas eleições 2020 para evitar aglomeração e fila em meio à pandemia.

ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2020 SEM BIOMETRIA

Com o adiamento do pleito eleitoral para 15 de novembro, por causa da pandemia da COVID-19, o ministro Luís Roberto Barroso decidiu vetar a biometria na eleição municipal deste ano.

O presidente do TSE seguiu recomendação de um grupo de médicos e dos técnicos da corte, que constataram que a identificação por digital poderia representar até 70% do tempo gasto por eleitor para votar.

A expectativa é que o veto à biometria eleitoral reduza a criação de filas e de aglomerações, o que é altamente recomendável por causa da pandemia do coronavírus. A questão deve ser incluída nas resoluções da eleição de 2020.

Com a decisão, municípios como Quipapá e Panelas, agreste de Pernambuco, não usarão a tecnologia da biometria na eleição. Seria a primeira vez que o pleito eleitoral seria realizado com a tecnologia da Biometria Eleitoral nesses municípios.

O município de Panelas-PE estava em processo de conclusão da revisão do eleitorado, quando os trabalhos presenciais foram interrompidos por causa da pandemia.

Postar um comentário

Os comentários ou recados neste site refletem tão somente a opinião do autor do mesmo. Seja ético, tenha bom senso, não publique spam.

emo-but-icon