O que é sergianismo?

O Sergianismo é um termo criado por Pierre Logan, para estudar o fenômeno da cegueira política da população, do comportamento ordinário dos políticos eleitos da cidade e da falta de sentido nos argumentos e fundamentos nas ações governamentais do município de Panelas.

O termo “sergianismo” se popularizou com naturalidade e alguns têm pavor de serem considerados sergianistas, outros se orgulham disso abertamente. Mas afinal, você sabe o que é o sergianismo?

A inspiração para criar o termo “sergianismo” vem de um evento histórico e curioso. Em 1578 o Rei português Dom Sebastião desapareceu no norte da África, na Batalha de Alcácer-Quibir. Esse fato fez com que se criasse uma história cheia de misticismo em torno da figura do rei desaparecido. Muitos acreditavam que ele não havia morrido e que um dia ele iria voltar para salvar o reino. E as pessoas esperaram a volta do “desejado” herói. Ele nunca voltou.

Essa espera foi chamada de síndrome do sebastianismo. Durante algum tempo essa história permaneceu viva no povo português e foi transmitida para o brasileiro e até hoje estamos sempre esperando por um salvador, alguém que vai salvar a “pátria”, o “time”, “o jogo” etc. Um ídolo.

O povo sempre elege alguém acreditando que essa pessoa é um salvador, alguém para se isentar da responsabilidade ou, pelo menos, ter alguém para colocar a culpa. Mas, no caso do município de Panelas, alguns não querem um herói, precisam de um ditador para mandar em suas vidas e assim, da mesma maneira, se isentar da culpa.

"O Sergianismo é um termo criado para estudar o fenômeno da cegueira política da população e o comportamento ordinário dos políticos eleitos.
A predestinação de que Sérgio Miranda nasceu para liderar e que ninguém jamais ganharia uma eleição em Panelas-PE, é um tipo de narrativa disseminada pelo próprio grupo sergianista. Esses cidadãos estão esperando um Sérgio que só existe na cabeça deles, alguém que nunca chegou e que não vai chegar.

Com a junção do nome do político “Sérgio” e o acréscimo do sufixo “ismo” para deixar claro que a referência é a um sistema e não a uma pessoa, estava criado o termo sergianismo.

Charge: O sergianismo nas fake news

Charge de Sérgio Miranda dizendo: Espalhem por ai o que eu digo... e balão de pensamento dizendo: mesmo se for mentira.