A PREFEITURA DE PANELAS ATACA PAULO CÂMARA

A situação panelense continua sendo uma piada pronta e acabada. Um grande pensador disse certa feita que nem a sabedoria e nem a verdade ...

A situação panelense continua sendo uma piada pronta e acabada. Um grande pensador disse certa feita que nem a sabedoria e nem a verdade se partidarizavam. A incoerência do atual desgoverno do município das Panelas é uma patologia reinante. Passei quase três anos falando mal do atual governador do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e a turma do sergianismo sempre o defendia, me acusavam de não saber o que estava falando, culpavam Deus e o mundo por causa da violência, menos o governador aliado (Paulo Câmara). Quando eu falava que o governador era responsável por desassorear a barragem, fazer com que a COMPESA entregasse água nas torneiras ou arrumar o asfalto que liga Panelas e Cruzes, eles diziam que faltava recurso, que Paulo Câmara não tinha culpa nenhuma e que estava fazendo o possível. Hoje culpam Paulo Câmara por todos os males que outrora atribuíam a outros.

Não quero ser o “advogado do diabo" aqui. Minha opinião não mudou só porque o desgoverno panelense traiu seu aliado. Sempre achei que o governador de Pernambuco não mereceu e continua não merecendo o cargo que ocupa. Ele, no meu entender, é um burocrata, não um gestor. É péssimo administrador e pode figurar no topo da lista dos piores governadores do nosso amado Estado. Ele é quase tão ruim como governador quanto Joelma Duarte é ruim como prefeita. Lembrando que essa sempre foi minha opinião, tendo em vista que Paulo Câmara não mudou em nada, ela continua firme. O nome disso é coerência. Já minha opinião sobre Joelma Duarte mudou bastante, metamorfoseou-se. Hoje penso que nossa prefeita faz papel de inocente, manipulada, criatura boa etc., mas nem os farsantes e nem o demônio viria de outro modo. Quando vejo a devoção desse pessoal e sua falsidade ocupando espaço nas igrejas e cerimônias  religiosas lembro-me do V, naquela célebre passagem: “E assim vesti minha vilania nua com trapos roubados das escrituras e me fiz de santo, quando na verdade era o próprio demônio”.

Mantive minha coerência porque não dependo de partido, não gosto dos partidos, e ainda que estivesse em um escolheria a verdade e faria jus ao cérebro que Deus me deu e que funciona. Já os sergianistas… Bem, a opinião deles mudou no exato momento em que seu coronel mandou mudar. Massa de manobra do tipo mais maleável que existe. Gente que ou defendeu Paulo Câmara com unhas e dentes ou ficou em silêncio complacente enquanto o “grupo do ex-prefeito” estava do lado dele e, na semana seguinte, quando o grupo traidor se voltou contra seu aliado, já estava fazendo vídeo criticando a saúde do Estado e apoiando o dono dos porcos em tudo o que concernia em ataques ao governador que de uma hora para outra passou a não mais prestar.

Essa metamorfose do grupo sergianista merece crítica porque não é uma mudança devido ao pensamento, mas a ausência dele. Nós sabemos que por força da formatação exigida pela democracia, as pessoas devem andar em bando, o problema é que; quando se junta muito idiota se pode até chegar a uma unanimidade, mas não se chega a lugar nenhum que preste.

Não existe uma filosofia no atual desgoverno. O que existe é a velha ideia arcaica de empregar os amigos, prejudicar os oposicionistas financeiramente, desviar dinheiro da gasolina, licitações fraudulentas, mentiras, incoerência e proselitismo político burro. Empregados da prefeitura emprestados a fazenda do ex-prefeito, segundo comentários dos próprios agentes. Combustível sendo distribuído atacado e ao varejo e tudo entrando na conta do povo, mas Paulo Câmara realmente é do mal, afinal, deixou as vias de sua competência abandonadas depois das fortes chuvas. E agora? Como os combustíveis desviados, a máfia dos pneus, o desvio de funcionários passarão? Maldito ex-aliando. Não se faz isso nem com o Judas que te traiu, oh, Paulo Câmara! Culpado de tudo!

A prefeitura ignorou completamente a Travessa Neném Ferreira, outra vias locais que estão completamente abandonadas pelo desgoverno panelense, mas a ordem do dia é: falar mal, criticar o Paulo Câmara e apontar para seus erros (o que pode ser bom porque somente assim cobrarão o que nunca cobraram quando ele era aliado deles). Apontando para os erros do governador, as atenções não ficarão no que Joelma Duarte também deixou de fazer. “Aos amigos tudo, aos inimigos (ou ex-aliados) a lei!”. Estou esperando qual será o novo culpado, já que não é novidade que para não ir em cana, o ex-prefeito está sempre ofertando um bode expiatório para o deus da mentira e da enganação.



Coluna Política // Por Pierre Logan é
Advogado, Bacharel em Direito pelas Faculdades Metropolitanas Unidas. Formado em Filosofia, é licenciado pela Universidade Cruzeiro do Sul, Pós-graduando em Direito Processual Civil pela Escola Paulista de Direito. Filósofo. Membro do Seminário de Filosofia - Olavo de Carvalho e da Jovem Advocacia de São Paulo. Faz parte do Sindicato dos Compositores e intérpretes do Estado de São Paulo, também é comentarista político na Trianon AM 740 e colunista do Jornal SP em notícias. 


Contato: 
movimentoculturaloficial@gmail.com
pierreloganoficial@gmail.com


Mais publicações sugeridas para você

Política 4931915630270809626

No facebook

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Resultado Final do Concurso Público para cargos efetivos da Prefeitura de Panelas

A organizadora do Concurso Público para provimento de cargos efetivos para a Prefeitura do Município de Panelas, divulgou o resultado final...
continuar

RECEBA ATUALIZAÇÕES