QUANTO PANELAS GASTA COM WELITON SARAIVA

Todos nós sabemos que um vereador ganha muito dinheiro somente para subir na tribuna e chamar o povo, que sustenta ele, de carente. Clar...


Todos nós sabemos que um vereador ganha muito dinheiro somente para subir na tribuna e chamar o povo, que sustenta ele, de carente. Claro que esses mesmos vereadores nunca vão conseguir explicar como é que uma cidade carente continua sustentando um salário de vereador de mais de R$ 7.000,00 (sete mil reais) e sair dessa carência que eles tanto falam. Sejamos francos, caros leitores, uma cidade tão “pobre” não deveria pagar salários tão altos aos seus representantes analfabetos e um salário tão baixo aos seus professores. Ou, pelo menos, se não tem dinheiro para professores, ou para saúde, ou para estudantes, também não deveria ter para vereadores. Quanto você acha que um vereador competente gasta? E um incompetente, quanto você acha que custa?

Weliton Saraiva já foi presidente da câmara e teve que responder por manter funcionários fantasmas. Esse mesmo vereador também é muito mais inteligente e competente que os técnicos do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, pois toda vez que os competentes técnicos emitem um parecer, o vereador Weliton contraria eles e vota no sentido oposto. As contas do ex-prefeito, Sérgio Miranda, vieram com recomendação de rejeição, mas Weliton votou pela aprovação. Eu sempre me nego a apertar a mão de alguns vereadores do município porque não quero ficar com cheiro do saco de ex-prefeito nenhum na minha mão. Digo isso com absoluto respeito, é claro. Eles sabem que é verdade. Mas a pergunta que tem que ser respondida não é quem puxa o saco de quem, mas quanto essa puxação de saco custa para o bolso do panelense.

Se você conta suas notas de dois reais para ir para Caruaru, caro panelense, saiba que o vereador recebe uma diária quando quer “resolver” alguma coisa ou se “reunir” com alguém, mas se você pensa que R$ 50,00 (cinquenta reais) ou R$100,00 (cem reais) dá para Weliton Saraiva, por exemplo, ir até Caruaru e voltar você está muito enganado. Cada diária dele custa R$ 180,00 (cento e oitenta reais). Se a viagem for para Recife o valor sobe um pouquinho mais, vai para 300,00 (trezentos reais). Acredite, caro cidadão panelense, são muitas viagens, cada uma custa isso e é você quem paga.

Se eu sou a favor que um vereador ou a prefeita (ela também recebe) receba diárias para custear suas viagens é uma outra história. O que quero salientar aqui não é necessariamente o custo (apesar de achar alto demais) o que quero questionar é na verdade o gasto. Custo e gasto são coisas diferentes. Digamos que Weliton Saraiva, por exemplo, viajou em 2018 várias vezes para Caruaru para se reunir com o departamento jurídico e depois várias vezes, algumas vezes duas viagens por mês para Recife para “ver as contas” do ex-prefeito. Dessas informações tiramos várias outras informações. Primeiro que não há assessoria jurídica em Panelas porque se tivesse os vereadores não precisariam viajar e torrar dinheiro do contribuinte com diárias desse tipo, mas digamos que isso não seja um problema e Weliton Saraiva aprendesse com o assessoramento. Depois digamos que ele realmente compareceu ao TCE, conversou com a conselheira e entendeu que sobram provas e motivos para rejeitar as contas. Por que esse cidadão aprovou as contas? Ora, se ele teve assessoramento, reuniões, acesso, viagens etc., como pode, ainda assim, continuar com a mesma opinião, posição e postura? Seria ele um idiota sábio sem a sabedoria?

O que quero dizer é que se ele gastou tanto dinheiro para continuar votando do jeito que já iria votar antes de gastar o dinheiro, o melhor seria não gastar o dinheiro e simplesmente votar. Ora, alguém aí duvidou que ele apoiaria o ex-prefeito? Alguém achou que, por algum segundo, Weliton Saraiva faria alguma vez na vida algo que Sérgio Miranda não quisesse que ele fizesse? Alguém é tão inocente (ou burro) para pensar isso? Então, poupe-nos, Weliton Saraiva, pelo menos o dinheiro e vote como quiser sem gastar nosso dinheiro com teatro. Não me leve a mal, eu adoro teatro, mas eu gosto dele no palco.

Acham que estou forçando a barra? E se eu disser que Weliton saraiva fez dezenas de viagens para Caruaru, Recife, Bezerros, Brasília com o seu dinheiro? E se eu disser que cada vereador custou uma média de R$ 2.160,00 (dois mil cento e sessenta reais) quando foi para Brasília? Vou continuar preferindo imaginar que você, caro conterrâneo, não achou realmente que eles tinham tirado do próprio salário para viajar para o Distrito Federal. Vou continuar acreditando que você, caro cidadão, não pensa que toda viagem feita por eles é custeada pelos próprios salários deles.

Mas a questão aqui não é nem quanto custa cada viagem, porque todo mundo sabe que a diária é devida quando eles prometem entregar um resultado bem-feito. O problema está justamente aí; no resultado. Não há nem um resultado bem-feito e nem há um resultado sequer. Tudo continua rigorosamente como estava antes da torração do dinheiro do povo. Se Weliton Saraiva viajasse, aprendesse, trouxesse boas novas e mudasse de opinião após o aprendizado, cada centavo valeria a pena. O problema é que do mesmo jeito que esse artigo, aparentemente, faz muito barulho para nada, os vereadores gastam muito dinheiro para coisa nenhuma.


Fontehttps://sistemas.tce.pe.gov.br/tomeconta/Municipio!municipioSelecionado


Coluna Política // Por Pierre Logan é
Advogado, Bacharel em Direito pelas Faculdades Metropolitanas Unidas. Formado em Filosofia , licenciado, pela Universidade Cruzeiro do Sul, Pós-graduando em Direito Processual Civil pela Escola Paulista de Direito. Filósofo. Membro do Seminário de Filosofia - Olavo de Carvalho e da Jovem Advocacia de São Paulo.  Atualmente faz parte do Sindicato dos Compositores e intérpretes do Estado de São Paulo, também é comentarista político na Trianon AM 740 e colunista do Jornal SP em notícias. 

Contato: 
movimentoculturaloficial@gmail.com
pierreloganoficial@gmail.com

Mais publicações sugeridas para você

Política 6617118364718429836

No facebook

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Programa de Prevenção à Dengue, Chikungunya e Zika

O enfrentamento ao Aedes aegypti e às doenças por ele transmitidas é uma das maiores urgências de saúde pública enfrentada pelos governos ...
continuar

RECEBA ATUALIZAÇÕES