SERGIANISTAS MUDAM DE LADO?

Quando falei sobre a esquizofrenia sergianista, alguns dos militantes replicaram minha afirmação dizendo que sua salada ideológica (defen...

Quando falei sobre a esquizofrenia sergianista, alguns dos militantes replicaram minha afirmação dizendo que sua salada ideológica (defender dois lados opostos ao mesmo tempo) era questão de opinião. Lamentavelmente, a educação dessa gente é muito deficiente, o que impede qualquer ser pensante de ter algum diálogo minimamente decente. Não falo somente de educação formal, a dita escolarização, falo de cultura também e, em certos casos, de falta de Inteligência. Alguém que abandona a racionalidade, a liberdade, o direito de livre manifestação do pensamento para militar pela opinião de outra pessoa sem analisar ainda que superficialmente a questão, é absolutamente incapaz. Essa é a razão de eu achar que, em certos casos, tem gente que não precisa de representação, precisa de curatela.

É possível fazer uma leitura de que essas minhas afirmações são arrogantes e soam com certa prepotência até, mas afirmo que é o posicionamento de quem se dedica a leitura precisa da realidade como ela é. Sou o tipo de gente que acredita que pela liberdade, pela verdade, pela justiça e pela honra deve-se sacrificar a própria vida. Pode parecer utópico, mas eu sou eu porque não me comparo com outra pessoa, me comparo com meu ideal de mim mesmo. Entendo que pessoas que entregam sua vida e a vida de outras pessoas numa barganha interesseira com os diabos da terra, merecem ser ouvidas, mas não merecem serem levadas a sério. Merecem a liberdade de agir como quiserem, mas devem ser combatidas. O mal não pode triunfar por muito tempo, pois isso desvirtua a própria noção de bem e semeia vícios.

Isto posto, lembremos que o desgoverno municipal, a prefeita Joelma Duarte (PSB), alguém que muitos não entendem que pessoalmente eu não tenho nada contra, junto com os sergianistas e o próprio ex-prefeito estavam apoiando o candidato a presidência da República, Jair Messias Bolsonaro (PSL) e ao mesmo tempo Paulo Câmara (que tinha se aliado ao PT, PC do B e MDB). Afirmei que isso era incoerente já que o candidato a presidência era conservador e liberal (direita ou extrema direita) e o Paulo Câmara tinha se aliado a grupos não liberais de esquerda (ou extrema esquerda). Argumentei, apresentei dados, comparei posicionamentos e nenhum dos posicionamentos lógicos convenceu os sergianistas mais fanáticos. Continuaram defendendo suas posições e estupidamente quando não tinham “para onde correr” afirmaram que era questão de opinião e que podiam sim ficar ao mesmo tempo “servindo a dois senhores”.

Dizem as más línguas que houve desacordo financeiro entre o desgoverno pernambucano e o desgoverno panelense de fato, ou seja, o boato afirmou categoricamente que o povo panelense vende sua opinião e se assemelha rigorosamente aquela afirmação dos eleitores do Lula “voto em quem ele indicar”. Pois bem, os sergianistas pensam a mesma coisa e acabam votando em “quem ele (o ex-prefeito) indicar”. E o pior, não conseguem perceber a incoerência de quem acusa um e defende o outro. Não percebem que são políticos iguais em esferas diferentes e que não passam disso.

A oposição critica os sergianistas e afirmam que “Votariam em um cachorro se Lula indicasse”. Os sergianistas criticam esse posicionamento, mas “votariam em um cachorro se Sérgio indicasse”. Poderia ser só uma opinião, uma análise minha sujeita a erros como qualquer outra análise de qualquer cientista político se isso não tivesse se comprovado na prática.

As propostas de Paulo Câmara, geralmente vazias, as promessas, as posturas, a incompetência, continuam as mesmas, mas bastou “o coisa” dizer que não apoiaria mais o governador para os sergianistas começarem a postar nas suas redes sociais coisas completamente opostas que haviam postado antes. O próprio indivíduo que lidera a cidade, apesar de não ter nenhum cargo, mudou da água para o vinho. E mesmo mudando continua incoerente junto com a trupe do atraso. Tem a prefeitura municipal que centraliza tudo (posicionamento tipicamente comunista, de esquerda), entope a máquina pública de cabides eleitoreiros, burla concurso público com contratações temporárias recorrentes e apoia um presidenciável de direita com ideias liberais que sempre aponta para a descentralização e enxugamento da máquina pública.

O fato de pessoas irem para onde a maré sergianista os joga, prova que não têm vontade e nem pensamento próprio. Mostra que são autômatos. São incautos manipuláveis, idiotas úteis, fantoches e títeres políticos. Sua voz não é sua. Sua opinião não é própria. Seu voto é de seu senhor. Não é um ser humano dotado de capacidade crítica, de raciocínio próprio ou de capacidade de encarar as responsabilidades de gente grande. É preciso crescer como ser humano antes de ganhar idade. Gente inteligente e honesta evolui, canalhas só envelhecem.


Coluna Política // Por Pierre Logan

Advogado, Bacharel em Direito pelas Faculdades Metropolitanas Unidas. Pós-graduando em Direito Processual Civil pela mesma Instituição de Ensino. Filósofo e licenciando em filosofia. Membro do Seminário de Filosofia - Olavo de Carvalho. Compositor, gravou no final de 2015 o disco Crônicas de Um Mundo Moderno. Atualmente também é comentarista político na Trianon AM 740 e colunista do Jornal SP em notícias. Contato: movimentoculturalpanelense@gmail.com ou pierreloganoficial@gmail.com

Mais publicações sugeridas para você

Política 2029862473707594798

No facebook

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Panelas Pernambuco e o Devaneio do Concurso Público

20 anos sem concurso público para a prefeitura de Panelas-PE e quando tem… O Concurso Público para provimento de cargos efetivos da pr...
continuar

RECEBA ATUALIZAÇÕES