PREFEITURA DE PANELAS, A TRUPE DO ATRASO

Dizem que o pior cego é o que não quer enxergar. Se essa máxima for verdade o grupo sergianista é o maior exemplo do pior cego que já ex...


Dizem que o pior cego é o que não quer enxergar. Se essa máxima for verdade o grupo sergianista é o maior exemplo do pior cego que já existiu neste mundo. Parece exagerado, caro leitor, mas não é. Se você perguntar alguma coisa, eles entendem como um ataque. Se você mostra algo que está errado, eles não correm para consertar e fazer melhor, eles dizem que você é “do contra”, da “oposição”, do “outro lado” e muitas vezes deixam tudo mal feito. Por mais falso que seu elogio seja, eles preferem te ver mentir do que dizer a verdade, afinal, a verdade dói, especialmente para quem não está acostumado com ela.

Essa teimosia quase que infantil do grupo que desgoverna a cidade, não deixa com que Panelas seja uma cidade livre, nem que caminhe para frente. Talvez seja falta de interesse em resolver problemas sérios, talvez seja incompetência, talvez não seja prioridade tornar nosso município grande ou, muito provavelmente, seja gente atrasada, caminhando para trás e levando todo mundo junto.

Pense bem, caro leitor, estamos publicando artigos neste site toda semana, há mais de quatro anos. Em outras palavras, são quase duzentos textos publicados com críticas e nunca sem apresentar uma solução. Não há crítica pela crítica aqui. Qualquer um que tenha um cérebro consegue perceber que nossa preocupação é com o desenvolvimento da cidade, já que não somos políticos, ninguém deste site tem emprego na “grande mídia regional” (e nem quer), tão pouco tem vínculo com qualquer linha “ideológica” predominante no município. Somos cidadãos preparados, ensinando para meia dúzia de “favorecidos”, vereadores analfabetos e governantes incompetentes a forma correta de fazer as coisas. Tentaram sugerir ameaças, tentaram ofender, descreditar, tentaram ignorar, tentaram tudo, só não tentaram resolver os problemas.

Vamos para quatro exemplos rápidos e simples, nas quatro áreas básicas da administração pública: Educação, Segurança, Meio ambiente, Saúde.

Educação: uma das primeiras publicações deste site foi sobre os recursos não repassados para educação. Nos ignoraram e choveu recomendação de rejeição de contas do ex-prefeito, Sérgio Miranda, (e muito provavelmente virá da atual, Joelma Duarte também terá recomendação de rejeição). Quando dissemos que tinha algo errado com a quantidade de dinheiro recebido e a qualidade da prestação de serviço, nos chamaram de loucos, e logo soubemos dos processos criminais envolvendo burla de licitação e fracionamento de lotes de carne (que seria para merenda, imagino). Nada foi feito e mesmo o processo sendo público, ainda negam.

Segurança: Reclamamos da violência desde que começamos a verificar a quantidade de roubos, furtos e mortes violentas no município. Dissemos que a guarda municipal estava sendo usada de maneira ilegal, o que é óbvio numa leitura rápida da lei da guarda municipal e das publicações dos crimes que eles dizem resolver. Explicamos que ilegalidades não são combatidas com ilegalidades e que o grande responsável pelo aumento dos crimes eram principalmente veículos alienados (ninguém sai para roubar com uma moto legalizada) e desocupação, desemprego etc. Uma coisa leva à outra. Nos ignoraram, disseram que Panelas era pacífica e agora tentam reeleger Paulo Câmara, o pior governador da história de Pernambuco, responsável pelos absurdos números de mortes do nosso Estado.

Meio Ambiente: Mesmo estando no plano de governo do ex-prefeito e da atual digestora, a natureza continua sendo provocada, poluída e abandonada pelo sergianismo. Não bastava aterrarem o açude, tinham que despejar esgotos dos novos loteamentos na água limpa. Fui pessoalmente até o local, mostrei os esgotos sendo desviados para o rio, mostrei a água podre caindo dentro da água, mostrei o lixão na beira do rio (faz mais de um ano), e até hoje não canalizaram nada, não resolveram nada. Vou ter que entrar, pelo jeito, com uma Ação Popular, chamar o Ministério Público para o processo e processar a prefeitura por crime ambiental. Não tem outro jeito.

Saúde: A mortalidade infantil é, para um município como o nosso, algo absurdo (dados do IBGE). O atendimento é péssimo em alguns setores e em alguns departamentos pedem título de eleitor para agendar algum exame ou consulta (?). Quando questionei um indivíduo do “alto clero”, ele não negou; me respondeu que não dava para atender todos porque vinha gente de outras cidades. Perguntei porque não pediam comprovante de residência se era uma questão de circunscrição, e, ainda assim, negar atendimento, sendo o local mais próximo que disponibiliza o serviço, no Sistema Nacional de Saúde, seria um crime. Não é à toa que se chama sistema NACIONAL de saúde. Além do mais, se a moda pega e Caruaru ou outras cidades começarem a pedir o título de eleitor para atender, íamos ter que fechar a maternidade para abrir um necrotério e gastar dinheiro não com leitos, mas com covas. Até agora a única resposta oficial sobre o assunto foi o silêncio.

São exemplos básicos de má vontade, mas temos muitos outros. Se fossem inteligentes pensariam, desde o começo: Se Pierre Logan não é da oposição, se ele não tem outra vontade a não ser o melhor para o município, se é um cara competente no que faz e tem como lazer o estudo e o trabalho, se para ele não existe feriado, nem descanso, nem final de semana, e muitas vezes nem sono, porque não ouvir o que ele fala, consertar os malfeitos e tocar o município para frente? Afinal, tudo o que ele pede em troca é que não roubemos, não desviemos dinheiro público, que contratemos pessoas por competência, que trabalhemos de maneira séria e eficaz. Se são honestos, e querem o bem para o município, ninguém tem o que perder. Então, por que será que eles não pensam assim?

Panelas tem potencial para se desenvolver. Tem como caminhar para frente e ser exemplo de sucesso. O panelense é inteligente e quer mudança. O panelense é capaz e não tem preguiça. O panelense quer estudar, trabalhar, viver sem precisar sair da sua terra. Viver sem pedir favor. O panelense quer mais. Quer educação de qualidade. Panelas tem futuro, mas infelizmente, no presente, temos pessoas do passado governando a cidade e, agindo por interesse, mantém nosso município cada vez mais atrasado.



Coluna Política // Por Pierre Logan

Bacharel em Direito pelas Faculdades Metropolitanas Unidas, Licenciando em filosofia, possui formação em Direito Eleitoral, Administrativo, Fundamentos do Direito Público, Ciência Política e Teoria Geral do Estado. Membro do Seminário de Filosofia - Olavo de Carvalho. Compositor, gravou no final de 2015 o disco Crônicas de Um Mundo Moderno. Atualmente atua na área jurídica, comentarista político na Trianon AM 740 e também é colunista do Jornal SP em notícias. Contato: movimentoculturalpanelense@gmail.com ou pierreloganoficial@gmail.com

Mais publicações sugeridas para você

Política 4584061672468205735

No facebook

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

“Vamos mudar. Você tem esse poder”, mensagem do Ex-Prefeito Fred sobre a política

Vivemos um quadro político bastante conturbado em todos os níveis. As mensagens dos candidatos tentam confundir o raciocínio dos eleitores....
continuar

RECEBA ATUALIZAÇÕES