INFARTO ou PARADA CARDÍACA: Saiba como identificar e o que fazer!

- Publicado em 10/05/2016 - Da Redação Panelas Pernambuco
A+ A-
Primeiramente vale lembrar que infarto e parada cardíaca são situações diferentes, enquanto o infarto está relacionado a interrupção do fluxo sanguíneo para o coração, dificultando o seu funcionamento (não necessariamente para), a parada cardíaca refere-se a uma alteração no ritmo do batimento, fazendo com que o coração não trabalhe de forma correta (nesse caso há a parada) e desse modo não bombeie sangue para o cérebro e outras partes do corpo. A pessoa que sofre um infarto pode evoluir para uma parada cardíaca e ambos podem ser fatais.


SINAIS E SINTOMAS

PARADA CARDÍACA
INFARTO

Inconsciente, coração treme em vez de bater corretamente.
Dor e desconforto do peito e membros superiores (braços), suor excessivo e náuseas (vontade de vomitar).

MUITAS VEZES A PESSOA SENTE OS SINTOMAS DO INFARTO HORAS OU ATÉ MESMO DIAS ANTES DELE ACONTECER

Segundo informações do site “coração alerta”, cerca de 85% das vezes em que há uma parada cardíaca, foi provocada por um infarto. A relação se dá devido ao mecanismo do coração de tentar se preservar, quando o coração para de receber o fluxo normal de sangue, ele provoca arritmias (batimento irregular) e com isso pode levar a parada cardíaca.

Os principais fatores de risco para o infarto estão ligados a:
• Sobrepeso/obesidade;
• Sedentarismo,
• Tabagismo,
• Hipertensão,
• Diabetes,
• Hipercolesterolemia (aumento da concentração de colesterol no sangue)
• Estresse.

Suspeita-se de uma parada cardíaca quando a vítima é encontrada:
• Inconsciente (desacordada);
• Não responde mesmo quando você estimula através do toque com a mão,
• Não respira
• Não tem pulso.

Nesse caso, de acordo com as novas diretrizes voltada para o suporte básico e suporte avançado de vida, recomenda-se:
• O primeiro passo é acionar o SAMU através do número 192;
• Começar a Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP);
• Se houver a possibilidade de fazer as compressões torácicas e ventilar, deve se fazer os dois, quando só a a possibilidade de realizar um, deve-se focar nas compressões;
• Se for com ventilação, se faz duas ventilações a cada 30 compressões (o boca a boca como é conhecido, só é recomendado se houver algum dispositivo para se proteger, devido as inúmeras doenças que podem ser transmitidas por esse contato);
• Deve-se respeitar a frequência de compressões de 100 à 120 por minuto;
• A profundidade das compressões deve ser, em adultos, até 5cm (não podendo exceder os 6cm);
• Lembrar de checar a respiração e pulso da vítima;

Posição correta da massagem | Protetor para respiração oa a boca
Em caso de sinais e sintomas do infarto, acionar o SAMU ou ir até o centro de saúde mais próximo da sua casa, mesmo não tendo a certeza sobre o problema, sempre será melhor prevenir. O que pode ser feito até a assistência dos profissionais de saúde é tentar acalmar a pessoa.


Janily AlvesColuna Saúde // por Janily Alves

Estudante Graduando em Enfermagem no
Centro Universitário do Vale do Ipojuca (UNIFAVIP).

Mais publicações sugeridas para você

Saúde 272190925298828707

No facebook

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Bandeira e Hino Municipal de Panelas

Confira os símbolos cívicos do Município das Panelas: Bandeira e Hino Municipal. Bandeira de Panelas-PE Hino de Panelas Bra...
continuar

RECEBA ATUALIZAÇÕES