Seu voto só é valido quando vota em alguém!

Publicado em 03/10/2014 | Da Redação Panelas Pernambuco
A+ A-
Até 1997, o voto em branco era contabilizado como válido, mas uma mudança da lei eleitoral no mesmo ano excluiu os brancos e nulos na contagem final das eleições.


Mesmo considerados sem efeito no resultado das eleições, as duas formas de votação foram mantidas entre a transição da votação com cédulas em papel e o uso da urna eletrônica. Mas, existe ou não diferença entre votar em branco ou votar nulo nas eleições?

Os votos em branco são assinalados através de uma tecla específica existente nas urnas, o voto nulo acontece quando o eleitor digita um número que não é correspondente a nenhum candidato ou partido oficialmente registrado e confirma a combinação digitada. Alguns eleitores ainda acreditam que o voto em branco vai para o candidato que está ganhando e o nulo não vai para ninguém. O fato é que tanto um como o outro vão para ninguém.

Observação: mais de 50% dos votos em brancos ou nulos não anula a eleição. Para o eleitor que tem a intenção de colocar alguém no poder, eleger um representante, a única forma é escolhendo e votando mesmo em um candidato especifico. Votar na legenda é quando votamos em um número especifico do partido e o mesmo irá para alguém da legenda, ou seja, jogará seu voto à aleatoriedade, o que não é a melhor solução para quem quer mudança.

As duas formas de votação: BRANCO e NULO foram mantidas simplesmente para fins estatísticos e possibilitar a manifestação do eleitor caso não se identifique com as propostas apresentadas pelos candidatos. E permanecerá eleito o candidato que obtiver maior número de votos dos contabilizados, como brancos e nulos não são contados, você perderá a chance de fazer alguma diferença no resultado das eleições.

Saiba mais sobre o mito de que "50% dos votos em brancos ou nulos anula a eleição" no vídeo abaixo:


Mais publicações sugeridas para você

Revolução Cultural 4502498400727835235

No facebook

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Erro Histórico do Município?

Se um povo que “não conhece sua história está condenado a repeti-la”, Panelas já repetiu muito sua história... Confira o vídeo basead...
continuar

RECEBA ATUALIZAÇÕES