Índice de Desenvolvimento Humano Municipal do Brasil cresceu, mas o de Panelas continua baixo

- Publicado em 31/07/2013 - Por Guilherme Amarino (Editor)
A+ A-
A situação do IDH de Panelas (PE) não é muito boa, o município está com baixo desenvolvimento humano, situado na posição 4.869 no País que tem 5.564 municípios.

Divulgado nesta segunda-feira (29) pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do Brasil cresceu 47,5% entre 1991 e 2010. A classificação do IDHM geral do Brasil mudou de "muito baixo" (0,493), em 1991 para "alto desenvolvimento humano" (0,727), em 2010. Em 2000, o IDHM geral do Brasil era 0,612, considerado "médio". Sabe quanto é o do município de Panelas? 0,569, considerado baixo desenvolvimento humano.

O IDH vai de 0 a 1: quanto mais próximo de 0, pior o desenvolvimento humano; quanto mais próximo de 1, melhor. O índice considera indicadores de saúde, renda e educação.

O IDHM é um índice composto por três indicadores de desenvolvimento humano: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). De acordo com a publicação do programa das Nações Unidas, a cidade com o IDHM mais elevado é São Caetano (SP), e os municípios que tiveram maior evolução no quesito "renda" são das regiões Norte e Nordeste.


No entanto, em Panelas o indicador de Renda está com índice em 0,546 e no de Educação a situação é pior, apenas 0,433. O único que está bom é o de Longevidade com 0,778 (as pessoas vivem mais). Essa é a atual situação do município: as pessoas estão vivendo mais, com pouca renda e menos educação.

Fonte das informações:
G1 e Índice de Desenvolvimento Humano Municipal 2013

TRANSMISSÃO FESTIVAL SOLIDÁRIO TV PANELAS - MOVIMENTO CULTURAL

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Inscrição para participação no 47º Festival Nacional de Jericos (Online)

Abertas as inscrições para participação de cantores, interpretes, jóqueis de jericos, bem como no Concurso de Jericos Fantasiados. O Movimen... continuar

RECEBA ATUALIZAÇÕES