Royalties do petróleo na Educação

Publicado em 03/06/2013 | Por Guilherme Amarino (Editor)
A+ A-
Comissão do Senado aprova plano com 100% dos royalties.

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou na manhã da terça-feira, 28/05, o projeto de lei da Câmara (PLC) 103/2012, que estabelece o Plano Nacional de Educação (PNE).

O PNE destina 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para políticas educacionais e estabelece metas para educação brasileira nos próximos dez anos. Destacam-se entre as metas a erradicação do analfabetismo, oferecimento de educação em tempo integral e prazos máximos para alfabetização de crianças.

Parte do projeto de lei enviado pela presidenta Dilma Rousseff ao Congresso, que destina 100% dos royalties do petróleo mais 50% do Fundo Social extraído da camada pré-sal para o financiamento da educação, foi incorporado ao texto do plano. Após ser aprovado pela CAE, onde recebeu 83 emendas, o projeto será analisado nas Comissões de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e de Educação, Cultura e Esporte (CE), antes de ser votado em Plenário.

“Queremos todos os royalties do petróleo na sala de aula. Só assim daremos um salto de qualidade”, disse o ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Fonte: MEC

Mais publicações sugeridas para você

Notícia 3564957090168527027

No facebook

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Erro Histórico do Município?

Se um povo que “não conhece sua história está condenado a repeti-la”, Panelas já repetiu muito sua história... Confira o vídeo basead...
continuar

RECEBA ATUALIZAÇÕES