Confundir o público com o privado é algo comum para os políticos brasileiros

Confundir o público com o privado é algo comum para os políticos brasileiros. A ideia de que o dinheiro público não tem dono e, portant...

- Publicado em 05/08/2012 - Por Guilherme Amarino (Editor)
A+ A-

Confundir o público com o privado é algo comum para os políticos brasileiros. A ideia de que o dinheiro público não tem dono e, portanto, é de quem chegar primeiro se instalou na mente deles embalada por nossa alienação e indiferença com a conduta criminosa adotada por muitos deles.

Assim, é comum que eles usem o dinheiro público para sanar problemas pessoais e auferir vantagens indevidas. Diante do marasmo da sociedade e da total ausência de punição por parte dos organismos legais, a única forma de puní-los fica nas mãos do eleitorado. Afinal de contas, você é burro o suficiente para continuar votando em quem lhe rouba?

Lembre-se sempre de que ser enganado uma vez é culpa de quem te enganou. Mas, ser enganado duas ou mais vezes é culpa exclusivamente da sua própria estupidez. Este é um artigo do Blog visaopanoramica.com, que tem no título original a frase "Você ajudou a eleger agora toma!" Confira o texto original aqui.

Nessas eleições municipais faça uma reflexão sobre o candidato cujo qual merece seu voto, não seja estupido o suficiente para votar em alguém que lhe roubou ou lhe rouba.

BIOMETRIA ELEITORAL SITUAÇÃO EM PANELAS (PE)

Revisado:
17.108 eleitores

No facebook

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Barragem cheia, por que não chega água nas casas das pessoas?

O município de Panelas tem um problema crônico com a falta de abastecimento d’água. A cidade de Panelas fica localizada no agreste de...
continuar

RECEBA ATUALIZAÇÕES