CCJ aprova possibilidade de cassação de prefeito que não prever conselho tutelar

Bulhões: muitos municipios não contemplam dotação específica para o conselho tutelar. A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadan...

Publicado em 07/06/2012 | Por Guilherme Amarino (Editor)
A+ A-
Bulhões: muitos municipios não contemplam dotação específica para o conselho tutelar.
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou o Projeto de Lei 1821/11, da deputada Sandra Rosado (PSB-RN), que prevê a cassação de prefeitos que não incluírem na lei orçamentária ou não empregarem os recursos necessários ao funcionamento do conselho tutelar do município. A proposta transforma em infração político-administrativa a falta de garantia dos recursos. O prefeito que incorrer na infração fica sujeito à perda do mandato após o julgamento da Câmara de Vereadores.

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA - Lei8.069/90) obriga cada cidade brasileira a ter, no mínimo, um conselho tutelar que seria criado por lei municipal e mantido pelo orçamento municipal. A lei não prevê, porém, sanção caso ele não funcione.

O relator, deputado Antonio Bulhões (PRB-SP), recomendou a aprovação da matéria, que ainda será analisada pelo Plenário. “Apesar da disposição expressa do ECA, muitos municípios não contemplam em seu orçamento dotação específica para o conselho tutelar e, quando o fazem, consignam dotação simbólica ou repassam a verba para outros fins. Assim, há municípios onde o conselho sequer foi instalado”, observou.

A norma altera a legislação que define as responsabilidades dos prefeitos e dos vereadores (Decreto-Lei 201/67).

Colaboração via e-mail: Wendell Galdino

Mais publicações sugeridas para você

Política 7897958946747954461

No facebook

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

“Vamos mudar. Você tem esse poder”, mensagem do Ex-Prefeito Fred sobre a política

Vivemos um quadro político bastante conturbado em todos os níveis. As mensagens dos candidatos tentam confundir o raciocínio dos eleitores....
continuar

RECEBA ATUALIZAÇÕES