PISO SALARIAL DOS PROFESSORES

Estados e municípios devem se adaptar para cumprir a lei, diz Haddad (ministro da Educação) e que considera justa a greve dos professores ...

Publicado em 17/08/2011 | Por Guilherme Amarino (Editor)
A+ A-
Estados e municípios devem se adaptar para cumprir a lei, diz Haddad (ministro da Educação) e que considera justa a greve dos professores da educação básica.

Fonte da imagem: blogalize.net

Porto Alegre — O ministro da Educação, Fernando Haddad, declarou nesta quarta-feira, 17, em Porto Alegre, que considera justa a greve dos professores da educação básica. “Não há mais o que discutir, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou constitucional o piso salarial de R$1.187,14. Estados e municípios devem agora se adaptar e cumprir a Constituição Federal”, afirmou Haddad.

O ministro esteve pela manhã em Curitiba, onde participou do evento Sala Mundo Curitiba 2011 – Encontro Internacional de Educação. Ele lembrou aos participantes que há uma linha de crédito, por meio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), que permite à União complementar os recursos daqueles estados e municípios que comprovem carência de recursos para pagar o piso salarial nacional para professores da educação básica.

“Infelizmente, até o momento, nenhum dos municípios conseguiu atestar que precisa de mais recursos para pagar o salário devido aos professores de suas redes”, disse o Ministro da Educação.

Fonte: MEC
www.portal.mec.gov.br

O que é piso salarial?

O Piso salarial é um termo que corresponde ao valor mínimo pago a um trabalhador por exercer determinado cargo ou função. O piso salarial, nada mais é, que o preço justo a ser pago pelo seu trabalho dentro de uma categoria.

Mais publicações sugeridas para você

Notícia 65036873213547542

No facebook

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Erro Histórico do Município?

Se um povo que “não conhece sua história está condenado a repeti-la”, Panelas já repetiu muito sua história... Confira o vídeo basead...
continuar

RECEBA ATUALIZAÇÕES