Muitos Municípios Não Podem Pagar o Piso Salarial

- Publicado em 12/01/2010 - Por Guilherme Amarino (Editor)
A+ A-
JORNAL EXTRA DE PERNAMBUCO - 9 a 15 de Janeiro de 2010  

Muitas prefeituras municipais não dispõem de recursos necessários para cobrir o piso salarial dos professores. É que a nova base salarial dos docentes no ensino básico e os critérios de reajustes, aprovados em 2008, com piso nacional fixado em R$ 950, por força da Lei 11.738/2008, foram reajustados em 7,86% e configuram mais um fator que somam às dificuldades dos gestores. Recursos de outras áreas, que também têm suas necessidades, podem ser deslocados para arcar com o aumento na despesa com educação. 
A maior preocupação dos prefeitos é quanto da posição do Ministério da Educação (MEC), que não planejou nenhum pacote de ajuda para o custeio do piso. No ano de 2009, cada município gastou até dois terços do novo valor a ser pago a partir deste ano. Novas reivindicações junto ao MEC deverão ser encampadas pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios).


Fonte: JORNAL EXTRA DE PERNAMBUCO


Mais publicações sugeridas para você

Noticias 5685978573504128562

No facebook

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Quem fez o Enem 2018 já pode inscrever-se no Sisu 2019

Começam nesta terça-feira (22 de janeiro) as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e vão até as 23 horas e 59 minutos da s...
continuar

RECEBA ATUALIZAÇÕES