Criança de três anos raptada no Município de Panelas é encontrada

Publicado em 28/12/2017 | Da Redação Panelas Pernambuco
A+ A-
A menina de três anos raptada de dentro de casa, na manhã do domingo (24/12), em Panelas (Distrito Cruzes), no Agreste de Pernambuco foi encontrada três dias depois do sequestro. Um alívio para a família.

Criança de três anos raptada no Município de Panelas é encontrada

O rapto aconteceu no domingo (24 de Dezembro). Um suspeito foi preso pela Polícia Militar no início das investigações. O carro usado no rapto da criança foi encontrado em Garanhuns. E no início da noite do dia 27/12 a menina foi localizada em Catende, na Zona da Mata do Estado de Pernambuco. De acordo com informações de populares, duas mulheres foram vistas deixando a criança.

Entenda o caso

A menina foi raptada dentro da casa dos pais, localizada no distrito Cruzes, no Município de Panelas, na véspera de Natal. De acordo com a Policia Militar, pelo menos três pessoas estariam envolvidas no crime, que poderia ter sido premeditado. Um vizinho teria conduzido um dos suspeitos até a casa da criança enquanto o outro esperava no carro. Em um descuido, os bandidos pegaram a menina e ameaçaram a mãe com uma arma.

O carro usado para levar a menina da casa dos pais foi encontrado na manhã da quarta-feira (27), em uma garagem, no município de Garanhuns, Agreste do estado. O veículo estava em uma garagem no bairro de Massanranduba. Dentro do automóvel foram encontrados cinco aparelhos de celular e drogas.

Um ex-presidiário que afirma ser o pai biológico da criança de 3 anos, teria sido o mandante do crime. Ele contratou dois homens da cidade de Garanhuns, para realizar o rapto. De acordo com a Polícia Militar, que fez o resgate da criança, o homem afirmou que desejava criar a menina. A operação para encontrar a criança, envolveu uma força conjunta das policias do Estado, guardas municipais e grupos especiais, o que possibilitou a localização dela em poucos dias.

O rapto da menina de três anos em Panelas-PE foi o assunto mais repercutido na região, nesse período foram muitas campanhas, apelos, compartilhamento via redes sociais e pela Internet, com milhares de visualizações da foto e informações, além das notícias propagadas pela imprensa na região, contribuíram para inibir as ações dos envolvidos no crime e as pessoas identificarem rapidamente a menina, que hoje está em companhia da sua Mãe e familiares.

Fonte das informações policiais: JC Online | Folha-PE

Veja mais publicações sugeridas para você

Notícia 9046659022861953508

#ConcursoPublico

#ConcursoPublico
Método de estudos: Estudar, Aplicar, Revisar, Adaptar

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Concurso Público da Prefeitura de Panelas-PE: Saiu edital com inscrições e data da prova

Começaram as inscrições para o concurso público da prefeitura de Panelas-PE. Salários variam de R$ 937 a R$ 12 mil. E são ofertadas mais de ...
continuar

No facebook

RECEBA ATUALIZAÇÕES

Podcast Política

Online agora