POUCA ÁGUA PARA MUITA INCOMPETÊNCIA

Como assim “pouca água”? Calma! É um mero recurso retórico para dizer que mesmo que Deus provocasse outro dilúvio, ainda assim, teríamos ...

Publicado em 29/05/2017 | Por Pierre Logan (Colunista)
A+ A-
Como assim “pouca água”? Calma! É um mero recurso retórico para dizer que mesmo que Deus provocasse outro dilúvio, ainda assim, teríamos seca no município. Durante a madrugada de domingo recebi vídeos, fotos e mensagens de pessoas felizes da vida e admiradas com o grande volume de água que o Senhor nos mandou de presente. Fiquei feliz e indignado com a notícia.

Para quem não usa o passado para aprender novas lições para o futuro todo presente é caótico. Sim, muita água caiu no município, todavia, foi embora e não voltará jamais. O rio não espera. A natureza não tolera erros e não tem tempo para pedir licença. Também achei maravilhoso ver a barragem que não abastece a cidade cheia, mas minha razão fez questão de lembrar que boa parte da mesma está cheia de lama. Sim. Lama é o que ocupa a maior parte do nosso maior reservatório de água. Nessas horas é natural ninguém lembrar dos culpados ou do principal culpado pelas secas dos últimos anos, Sérgio Miranda.

Sérgio Miranda não só aterrou o Açude Manuel Miranda como também canalizou os esgotos dos loteamentos para dentro do canal (podre) que fez no meio do aterrado açude. Achando pouco toda desgraça, pediu um parecer jurídico para parar a obra aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores de Panelas e assinada pela prefeita decorativa. Essa ação maléfica não só parou a obra que proporcionaria represar uma maior quantidade de água como fez com que a obra fosse interrompida “de qualquer jeito” e fez com que a água levasse toda areia solta para dentro da barragem. Sérgio como sempre trabalhando para o “empioramento” da vida do panelense, mesmo não ocupando nenhum cargo eletivo.
Claro que um indivíduo como esse não tem condições de fazer tanto mal sozinho, ele precisa de uma Câmara covarde e uma “prefeita decorativa” (mais decorativa do que prefeita). Com isso temos muita lama acumulada na barragem e muita água indo embora “ladeira” abaixo. Pior do que fazer mal aos panelenses, a canalização do esgoto faz com que antes de “enviarmos” nossa água para os vizinhos, misturemos com poluição. Mas tudo bem, afinal, temos uma academia aparentemente superfaturada que durou cerca de oito anos e ainda não foi concluída. Bela obra!

E de agora em diante o que teremos? Teremos um açude com pouca água, bastante lama e uma adutora que funcionará para acabarmos com a água dos nossos vizinhos cupirenses também. Solução dignamente sergianista, já que se configura como uma “não solução”. Eu diria que os governantes panelenses cuidam do povo como quem cuida de animais, mas como sabemos eles cuidam melhor dos animais, pois duvido que alguém tenha visto algum cavalo de Sérgio carregando água, com exceção daqueles que puxam o saco dele e trabalham na prefeitura.

Não há volume de água neste mundo de meu Deus que dilua a incompetência do grupo
sergianista que desgoverna a cidade. É incompetência destilada com ódio pelo povo que vergonhosamente não acorda. Será que é tão difícil entender? Será que sou maluco e estou vendo boa vontade onde só há covardia, ou covardia onde só há boa vontade impotente?

Querem saber, meus amigos, até hoje fui um panelense que vestiu a camisa como ninguém. Defendi Panelas em lugares que vocês não teriam condições de imaginar. Gravei coisas pensando na cultura do município e no que deixaríamos para nossas crianças. Nas rodas de amigos sempre fui aquele cara que acreditava que o povo acordaria e por milagre de Deus tomaria as rédeas do destino para capitanear a própria história, mas confesso que estou cansado de gritar no deserto. Sou um guerreiro que não foi tocado em batalha, pois nem as palavras dos politiqueiros ou críticos adeptos do imbecilismo me atingiram, nem as ofertas de dinheiro fácil me seduziram em momento nenhum. Mas confesso que estou cansado de lutar sozinho e receber elogios “nas caixas” das redes sociais de pessoas que aparentemente nunca terão coragem de estar na luta. Estou cansado demais para tentar entender os motivos dos compartilhamentos de imbecilidades sem limites enquanto o crucial é abandonado e rapidamente esquecido.

Estou, acreditem, em “pré-desistência”! Eu! Cansado não só de pessoas que não lutam pela maioria e, muitas vezes, nem por elas. Sem saber, ou agir como se soubessem, que é necessário saber com o que e contra o que se luta. Estou cansado de amizades eventuais e encontros vazios. Estou cansado de conversas esparsas, de amores incompletos e de pessoas que só se entregam pela metade. “Onde, meu Deus, eu encontro gente neste mundo!”. Só encontro deuses. Pessoas que “si” bastam a si mesmas”. Pessoas que veneram e se curvam diante de sua própria imagem ou de um déspota qualquer. Pessoas que se ajoelham facilmente para obras maquiadas e esquecem com o mínimo sinal de chuva que a seca e a pobreza financeira/espiritual estão à espreita.


As pessoas que brigavam por baldes de água ainda existem. O excesso de chuva apenas não possibilita a aparição dessas atitudes. Mas a água não só lavou as ruas, as calçadas, as casas e as serras; ela lavou também a memória do povo e minha paciência para com governantes demagogos e escravos hipócritas em todos os níveis. Vou lavar também do meu tempo e da minha vida pessoas que não queiram se preencher, afinal, não é só a barragem que está cheia de sujeira. Serei a mudança que quero ver. Não sei se serei bom ou mau exemplo, mas, com certeza, serei algum tipo de exemplo. Que a chuva tenha batizado os filhos de Panelas e como sabemos; batismo é vida nova. O batismo vem do céu. As atitudes dependem muito dos que estão aqui. Sem mais!


Coluna Política // Por Pierre Logan

Formando em Direito, Licenciando em filosofia, possui formação em Direito Eleitoral, Administrativo, Fundamentos do Direito Público, Ciência Política e Teoria Geral do Estado. Compositor, gravou no final de 2015 o disco Crônicas de Um Mundo Moderno. Atualmente atua na área jurídica e também é colunista do Jornal SP em notícias. OAB-SP 218968E.

Veja mais publicações sugeridas para você

Política 7504591534167689316

SEJA INTELIGENTE!

SEJA INTELIGENTE!
"A leitura é para a mente o que o exercício é para o corpo" (Joseph Addison)

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

AS DÍVIDAS DE SÉRGIO MIRANDA

Antes que algum fanático desinformado apareça dizendo que estou mentindo, segue os links do site oficial do Tribunal de contas do Estad...
continuar

Associado


RECEBA ATUALIZAÇÕES

Panelas Pernambuco Podcast

No facebook

Online agora