A VIOLÊNCIA CRESCE EM PANELAS

Foi-se o tempo em que podíamos dizer para os amigos que Panelas, ou qualquer cidade do interior, seria um ótimo lugar para se aposentar e terminar os dias em paz depois de uma vida inteira de batalhas, trabalhos e impostos pagos com suor e sangue. Já não se pode mais dizer que podemos dormir de portas abertas, as vezes nem de portas fechadas, pois invadem, saqueiam, explodem e fazem tudo o que querem para conseguirem tirar do cidadão o que foi deixado de “agrado” pelo furto do governo. Os políticos que desgovernam o País, o Estado e o Município tomam a força nosso dinheiro e depois nos intitulam de “contribuintes”. A violência cresceu absurdamente em Pernambuco, mas não foi só a violência criminal, contra a vida ou o patrimônio que cresceu. Se observarmos com bastante atenção, notaremos que estamos sendo violentados a muito, muito, muito mais tempo do que podemos supor e das piores formas.

Em primeiro lugar, caro panelense, saiba que as delegacias do interior de Pernambuco não funcionam mais à noite e nem nos finais de semana. Não critiquem os policiais, pois eles não têm culpa. A responsabilidade é do governador do Estado, Paulo Câmara (PSB) e do grupo da situação de Panelas que ajudou a eleger esse sinônimo de incompetência. Se um panelense quiser registrar um Boletim de Ocorrência numa noite ou final de semana qualquer, deverá viajar alguns quilômetros até as delegacias de plantão que ficam, por exemplo, em Caruaru ou Bezerros. Em outras palavras, a violência não começa quando alguém é assaltado ou assassinado pelos criminosos, mas quando seu direito de ter segurança é cerceado por um governadorzinho medíocre. Existem muitos outros ataques violentos ao cidadão que aparentemente não são violentos.

"A violência não começa quando alguém é assaltado ou assassinado por criminosos, mas quando seu direito de ter segurança é cerceado por um governo medíocre"
Um dos ataques mais violentos da história contra a população foi feito pelo ex-prefeito de Panelas e pela turminha que o santifica, como a atual digestora (pobrezinha) e sua grei. A falta d’água! Antes que algum imbecil diga que “ninguém pode fazer chover”, eu adianto logo que é justamente por não poder fazer chover que nós devemos construir açudes e não os aterrar. É justamente por não conseguir fabricar chuvas que se deve cuidar para que as barragens não sejam cheias de lama no lugar de água. É justamente por não poder produzir chuva que devemos multiplicar por mil a capacidade de armazenar a água da cidade. O problema não é somente a falta de vontade de fazer o certo ou a incompetência, mas a falta de honestidade para com o povo. Em junho de 2016 anunciaram que seriam disponibilizados 4 milhões de reais para ampliar o abastecimento de água da cidade. O prazo estabelecido para conclusão foi de 180 dias. E aí, estamos em março de 2017, está tudo pronto? Não! Essa é sem dúvida a maior violência já feita por politiqueiros hipócritas e demagogos de plantão.

Você deve estar pensando: “poxa, mais achei que você iria escrever sobre os crimes contra a vida”. Outro problema grave trazido por grupos políticos como essa turma do PSB que desgoverna o Estado em muitos municípios de Pernambuco. Somente em janeiro deste ano foram registrados 479 homicídios (uma média de 15 pessoas mortas por dia), sendo que 273 foram no interior, 136 na Região Metropolitana e 70 no Recife. Se compararmos com o mesmo período do ano passado teremos um aumento de 35% da violência. E aí? Mas não foi esse o governador que Sérgio Miranda, Joelma, quase todos os vereadores e a turminha politiqueira disse que seria “do bem”? Por que agora ele aparece patinando nos discursos e produzindo mais gafes que frases ao falar de violência? Por que não devemos culpar os que ajudam a eleger incompetentes pela mesma mentira que os incompetentes propagaram durante campanhas eleitorais? Canalhas!

Policiais esforçam-se e arriscam a vida, mas são impedidos pelo desgovernador que não oferece o mínimo suporte para que trabalhem com dignidade. Some todos os objetos, veículos, vidas (inquantificável), residências roubadas etc., e vejam se não sairia mais barato aumentar o salário dos policiais, fazer concursos públicos para agentes da área da segurança, desenvolver um bom plano de carreira. Parece difícil, mas não é. O que é difícil é viver numa situação de calamidade pública como estamos vivendo. O que é difícil é saber que 15 seres humanos do nosso estado morrerão hoje, mais 15 amanhã e assim por diante. É ainda mais difícil saber que pode ser seu irmão, seu pai, sua mãe e qualquer outra pessoa de sua família.

"muito cidadão vai terminar atrás das grades quando ficarem entre morrer, matar ou ver alguém da sua família morrer"
Não defendam políticos, corruptos, corruptores, meus irmãos. Unam-se com seus vizinhos, amigos, familiares e outros cidadãos. Protejam-se uns aos outros e esqueçam essa ideia de partidarismo babaca. Os partidos e políticos estão passeando de blindados com sua meia dúzia de seguranças enquanto nós estamos expostos a todos os tipos de criminosos, inclusive os que elegemos. Acordem, ajudem-se, protejam-se e se necessário protestem e peçam o fim do estatuto do desarmamento, pois o Estado falhou em nos proteger. Estamos abandonados, jogados, e somos a última linha de defesa da nossa família. As coisas tendem a piorar muito antes de melhorar, pois muito cidadão vai terminar atrás das grades quando ficarem entre morrer, matar ou ver alguém da sua família morrer. Como disse certa feita o filósofo, Olavo de Carvalho: “o homem que não estiver disposto a matar ou morrer por sua família não merece ter uma”. Vamos rezar para que as coisas não cheguem a esse ponto, mas só rezar não adianta. Olhar para o céu com muita fé e nenhuma luta é estupidez. O governador Paulo Câmara nos traiu, o executivo panelense nos traiu, somos nós por nós e Deus por todos! Unam-se já!

Coluna Política // Por Pierre Logan

Formando em Direito, Licenciando em filosofia, possui formação em Direito Eleitoral, Administrativo, Fundamentos do Direito Público, Ciência Política e Teoria Geral do Estado. Compositor, gravou no final de 2015 o disco Crônicas de Um Mundo Moderno. Atualmente atua na área jurídica e também é colunista do Jornal SP em notícias. OAB-SP 218968E.

Veja mais publicações sugeridas para você

Política 4434723154475851173

Postar um comentário

Os comentários ou recados neste site refletem tão somente a opinião do autor do mesmo. Seja ético e não publique spam.

emo-but-icon

SEJA INTELIGENTE!

SEJA INTELIGENTE!
"A leitura é para a mente o que o exercício é para o corpo" (Joseph Addison)

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

AS DÍVIDAS DE SÉRGIO MIRANDA

Antes que algum fanático desinformado apareça dizendo que estou mentindo, segue os links do site oficial do Tribunal de contas do Estad...
continuar

Associado


RECEBA ATUALIZAÇÕES

Panelas Pernambuco Podcast

No facebook

Online agora