NÃO HÁ PLANOS PARA PANELAS

Não é um julgamento com pretensão de justificar ou não a questão do mérito. Tão pouco espero atribuir a um ou outro os motivos que levaram ...

Publicado em 21/11/2016 | Por Pierre Logan (Colunista)
A+ A-
Não é um julgamento com pretensão de justificar ou não a questão do mérito. Tão pouco espero atribuir a um ou outro os motivos que levaram Joelma Duarte a candidatar-se e vencer as eleições municipais de 2016. Há tempos venho falando sobre a capacidade que Lourinho tem para perder (talvez propositalmente) e dizer outra coisa agora seria, no mínimo, e, absurdamente, contraditório.

O fato é que tivemos um vencedor. Acredito que não tenha sido o povo, mas torço para estar errado. No meu entendimento qualquer um que concorde com o desgoverno que Sérgio fez em Panelas não merece voto, mas parece que alguns cidadãos honestos e outros não tão honestos entendem de outro modo. É a democracia. Uma hora a gente está saltando de alegria e gritando o nome de Jesus e outra está implorando para que soltem Barrabás. Joelma não é nem um nem outro, mas tem grande responsabilidade para com o povo, ou não.

Costumo fazer na vida o que faço no xadrez. Tento adiantar os movimentos do meu “interlocutor”. Tenho acertado com mais frequência do que errado, mas confesso que é um exercício de imaginação cansativo ficar mapeando as possibilidades dos pensamentos de outras pessoas, especialmente quando não há como antecipar-me e fazer um ataque de resposta aos desmandos quadrúpedes que vêm sendo feitos no município.

No Plano de Governo apresentado pela candidata, não se tem muita surpresa. O que aparece mesmo é o velho gerúndio político apresentado anos atrás pelo próprio Sérgio Miranda como, por exemplo: “Continuando”, “apresentando”, “desenvolvendo”, “ampliando” etc. É aquilo que chamei há quatro anos atrás de “mentira por escrito”. Pretendo analisar cada item do referido plano em algum momento mais oportuno. Por hora entendamos que o documento está mais para outra promessa descabida de quem promete continuar mantendo o que nem existe ainda.

Por outro lado, os eleitores de Joelma (ou de Sérgio), seguiram aquele discurso de “continuar fazendo” e é exatamente por isso que tenho o próximo governo como algo revolucionário, pois a forma de administrar Panelas é simples e curiosamente “malandra”. Basta fazer o que a maioria quer. E o que querem é receber o salário em dia. Pouco importa a violência, a falta de cultura, o esporte problemático, as drogas levando jovens à morte. O que importa é ter um dinheiro que não é seu, para comprar o que não precisa, agradar pessoas que não gosta e provar que é uma pessoa que não é.

Como assim, Pierre, o dinheiro não é meu? Muito simples. Como uma cidade que arrecada cerca de 500 mil por ano tem possibilidade de sustentar tanto funcionário? Pois é. Não tem. Agora junte o inútil ao desagradável e pense nos motivos que levam o rombo do PANELASPREV a ficar cada vez maior e, inclusive, fazer com que apresentem na câmara um projeto que propõe o “REparcelamento” de um buraco que já era enorme. Todo ano a mesma proposta. Parcelar novamente o que havia sido parcelado. E tem gente que não acredita no crime só porque não viu o corpo (ainda). Lamentável. Então se eu pego algo que não é meu e dou a você (ainda que isso seja dinheiro), esse “algo” não é seu.

Cidade pequena é algo curioso. Promotor Público serve para que mesmo? Porque pelo que aprendi na faculdade de direito...Enfim, o conceito não serve para Panelas. Desmandos atrás de desmandos e nenhuma providência tomada. Vez ou outra o TCE acha pistas, condena, estabelece uma multa que até um mendigo teria condições de pagar e fica por isso mesmo. Não importa as denúncias feitas, nem as provas postadas neste site, nem mesmo o documento exposto no próprio site da prefeitura com prova cabal de nepotismo. O que importa é manter as pessoas com espírito de funcionário público.

Sérgio não fecha o atual mandato de algemas porque a justiça é cega e como sabemos, o pior cego é o que não quer ver. O que mais ouvi nas ruas de Panelas foi lamentações de pessoas que sempre diziam: “o juiz é amigo do prefeito” e eu pensava: “não acredito que seja”. Jorge pode ser amigo de quem quiser e o problema é exclusivamente dele, mas o JUIZ Jorge, deve se manter inerte para que a balança não se mova para nenhum dos lados e o julgamento justo torne-se impossível. Mas o que ele faz? Aparece em um dos “palanques” ao lado de políticos em apoio a uma guarda municipal que está mais para um grupo paramilitar. A meu ver, passou a ser suspeito.

Por que será que estou dizendo essas coisas? Porque o plano de governo não toca no assunto. O que significa que o único plano é:

1. Maquiar o que ainda não foi feito;

2. Continuar expandindo o rombo da previdência;

3. Continuar mantendo a Câmara de vereadores nas mãos do executivo;

4. Torcer para que o Ministério Público continue silente, o juiz ocupado (sendo juiz em outras cidades);

5. Manter a população (Classe privilegiada) de barriga cheia e cabeça vazia;

6. Manter a população pobre saindo para viver fora da cidade ou ficando para morrer nas BRs da vida.


Acredito que Joelma, se fosse prefeita de fato e não apenas de direito, teria condições para mudar tudo se fosse outra pessoa. Acredito que o Ministério Público ainda tem tempo de tentar limpar a grande mancha de sangue que deixou na história do município. Não acredito que nenhum dos meus amigos mortos ressuscitem para contar o quão foram enganados pelo “sistema”, mas quem me conhece sabe que acredito que há vários tipos de justiça e vários caminhos para se chegar até ela. Vou orar e agir para que algo seja feito, antes que a população explorada se canse. Vem acontecendo muito no país. Por hora, todos tem planos de mudar algo e ficar rico, mas, não há planos para Panelas. Fica assim; tudo certo. Nada resolvido.



Coluna Política // Por Pierre Logan


Formando em Direito, Licenciando em filosofia, possui formação em Direito Eleitoral, Administrativo, Fundamentos do Direito Público, Ciência Política e Teoria Geral do Estado. Compositor, gravou no final de 2015 o disco Crônicas de Um Mundo Moderno. Atualmente atua na área jurídica e também é colunista do Jornal SP em notícias.

Veja mais publicações sugeridas para você

Política 941625737350101966

PÓS-GRADUAÇÃO

PÓS-GRADUAÇÃO
22% DE DESCONTO, não perca essa oportunidade!

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Atendimento do Banco do Brasil em qualquer agência

O Banco do Brasil (BB) vai atender clientes em qualquer agência do País. E já começa a valer a partir do dia 2 de julho. O BB conse...
continuar

Associado


RECEBA ATUALIZAÇÕES

Panelas Pernambuco Podcast

No facebook

Online agora