Fake: Facebook e as notícias falsas na Internet

Essa semana o vice-presidente de gerenciamento de produto do Facebook disse que irão trabalhar mais para eliminar as notícias falsas na rede social.

fakes na rede social Facebook é um problema sério

Não é novidade que vez e outra encontrarmos notícias e informações falsas na rede social Facebook, o termo para isso é “fake”. E está se tornando um problema maior a ser resolvido, visto que o mesmo cresce à medida que a rede cresce.

Em informações publicadas pelo site Olhar Digital: As notícias falsas seguem aumentando no Facebook, mesmo depois de a empresa ter anunciado que trabalharia para resolver o problema. Nesta semana, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama chegou a reclamar da "nuvem de 'poeira do absurdo'" criada pelas mentiras. Na quinta-feira (10/11), Adam Mosseri, vice-presidente de gerenciamento de produtos da rede social, reconheceu que há muito trabalho a ser feito.

Segundo o executivo, o Facebook está trabalhando para combater a propagação das notícias falsas. "Apesar destes esforços, entendemos que há muito mais que precisamos fazer, e é por isso que é importante que nós continuemos a melhorar nossa capacidade de detectar a desinformação", explicou.

As notícias falsas, ou os “fakes” (termo em inglês que significa falso ou falsificação) estão por toda parte na rede, inclusive em outros produtos do Facebook como o WhatsApp, onde vez e outra recebemos notícias e informações sobre alguém que está desaparecido, casal que está raptando crianças, fato político que não existe ou como fazer determinadas coisas para não perder a privacidade das informações na rede social.

Os avanços nas tecnologias de comunicação tornaram o mundo um lugar de fácil acesso a informação.
Os avanços nas tecnologias de comunicação tornaram o mundo um lugar de fácil acesso a informação. E graças a Internet, qualquer um em qualquer lugar pode acessar e/ou compartilhar com todos de tudo. Esse é o cenário perfeito em que assuntos sobre educaçãopolíticasaúde, criminalidade, ganham rapidamente os blogs, as redes sociais, as rodas de conversas, e assim acabam exercendo influência na vida das pessoas.

Antes de sair compartilhando e comentando sobre algo, que de certa forma tem relevância para as pessoas e para a sociedade, analise as informações e verifique o grau de responsabilidade da pessoa ou do veículo propagador. Cuidado com o que ler e compartilha nas redes sociais, pois, por mais que o Facebook tente melhorar as detecções de desinformações, o principal fator gerador e propagador de conteúdo na rede é você usuário.

Por Guilherme Amarino
Tecnólogo em Analise e Desenvolvimento de Sistemas, 
Blogueiro fundador e editor de conteúdo do Panelaspernambuco.com

Veja mais publicações sugeridas para você

Tecnologia 3378003626246548117

Postar um comentário

Os comentários ou recados neste site refletem tão somente a opinião do autor do mesmo. Seja ético e não publique spam.

emo-but-icon

PÓS-GRADUAÇÃO

PÓS-GRADUAÇÃO
22% DE DESCONTO, não perca essa oportunidade!

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Atendimento do Banco do Brasil em qualquer agência

O Banco do Brasil (BB) vai atender clientes em qualquer agência do País. E já começa a valer a partir do dia 2 de julho. O BB conse...
continuar

Associado


RECEBA ATUALIZAÇÕES

Panelas Pernambuco Podcast

No facebook

Online agora