SAÚDE: comentários sobre o plano de governo de Joelma Campos – Parte I

Publicado em 04/10/2016 | Da Redação Panelas Pernambuco
A+ A-
Apesar de muitos não terem o conhecimento, o plano de governo é um requisito para o registro da candidatura dos políticos, desse modo, com os candidatos da cidade de Panelas-PE não foi diferente.

A princípio, a ideia era fazer um comparativo entre o plano de governo dos três candidatos a Prefeito(a), Joelma Campos, Lourinho e o Professor Saraiva, porém, apesar de muito importante, discutir apenas as propostas para a saúde não seria o suficiente para ajudar o eleitor na escolha do seu voto, e até porque o trabalho realizado no setor da saúde durante os 4 anos do seu respectivo mandato, pode tomar suas propostas de governo como base, mas a decisão final deve respeitar o que será formulado nas conferências e conselhos de saúde, os quais falarei em um artigo à parte.

Para o texto não ficar longo e cansativo, dos 9 tópicos que a candidata eleita, Joelma Campos, elencou em suas propostas no âmbito da saúde, nesse momento falaremos de 4, que estão voltadas para a atenção básica:
  1. Ampliar a cobertura populacional das Equipes de Saúde da Família – ESF;
  2. Atender prioritariamente a gestantes, hipertensos, diabéticos, e crianças menores de 5 anos por nutricionistas (acompanhamento nutricional);
  3. Ampliar a oferta de exame citológico e mamografia;
  4. Reduzir a taxa de mortalidade infantil através da sensibilização das gestantes sobre a importância da realização de todas as consultas de pré-natal e o cumprimento do calendário vacinal.

1° PROPOSTA: Sabendo que a Equipe de Saúde da Família é formada por uma equipe multiprofissional, quando é descrito “Ampliar a cobertura populacional das ESF”, quer dizer aumentar o número de profissionais para atender a população, que nesse caso, para formar uma Equipe de Saúde da Família, é necessário no mínimo:
  • Médico generalista ou especialista em saúde da família;
  • Enfermeiro generalista ou especialista em saúde da família;
  • Auxiliar ou técnico de enfermagem;
  • Agentes comunitários de saúde (ACS);
  • E ainda pode ser acrescentado a essa equipe multiprofissional, os profissionais de saúde Bucal: cirurgião-dentista generalista ou especialista em saúde da família, auxiliar e/ou técnico em Saúde Bucal.
Cada Equipe de Saúde da Família é responsável por atender no máximo 4.000 pessoas de uma determinada área, e cada Agente Comunitário de Saúde (ACS) pode cobrir no máximo 750 pessoas, podendo ter até 12 ACS por Equipe de Saúde da Família.

2° PROPOSTA: Respeitando o princípio doutrinário do SUS da equidade, é que se inicia a segunda proposta, “atender prioritariamente...”, isso não quer que algumas pessoas têm mais direitos que outras, mas sim, que algumas pessoas “precisam” mais que outras, e isso é totalmente normal e compreensível. Gestantes, diabéticos, hipertensos e crianças com menos de 5 anos, se não tiverem uma alimentação balanceada, poderão sofrer graves consequências devido as situações supracitadas, e no caso das crianças, influência diretamente no crescimento e desenvolvimento.

3° PROSPOTA: Essa aborta duas situações, uma à nível de atenção primária (exame citológico) e a segunda de atenção secundária (mamografia). O exame citológico (Papanicolau) é realizado em prol de detectar qualquer tipo de alteração no colo útero, e desse modo ajudar no diagnóstico precoce do câncer, trata-se de um procedimento simples, onde a amostra para o exame pode ser colhida na própria Unidade Básica de Saúde da sua comunidade. Já a mamografia, importantíssima também para o diagnóstico precoce do câncer de mama, requer aparelho mais sofisticado, o mamógrafo, comum em centros de especialidades.

4° PROPOSTA: Traz a ideia de campanhas/movimentos em prol da conscientização das gestantes ao acompanhamento do Pré-natal, para que possíveis agravos ou anormalidades sejam percebidos precocemente e assim ser possível tomar as devidas providências. Assim como, conscientizar a família na importância de vacinar suas crianças (quais doenças previnem, a importância de tomar no prazo estabelecido e etc).

Por fim, percebemos que em apenas 4 propostas já podemos ter esperança de mais profissionais da saúde, mais oferta de exames e campanhas importantíssimas de conscientização. A maneira que tudo será concretizado deve contar, principalmente, com a participação popular. Nos Próximos artigos, abordaremos outras propostas, aguardem!


Janily AlvesColuna Saúde // por Janily Alves

Enfermeira graduada no Centro Universitário do Vale do Ipojuca (UNIFAVIP); Pós-Graduanda em Unidade de Terapia Intensiva com complementação em Urgência e Emergência.

Veja mais publicações sugeridas para você

Saúde 1905868081398493029

Postar um comentário

Os comentários ou recados neste site refletem tão somente a opinião do autor do mesmo. Seja ético e não publique spam.

emo-but-icon

SEJA INTELIGENTE!

SEJA INTELIGENTE!
"A leitura é para a mente o que o exercício é para o corpo" (Joseph Addison)

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

AS DÍVIDAS DE SÉRGIO MIRANDA

Antes que algum fanático desinformado apareça dizendo que estou mentindo, segue os links do site oficial do Tribunal de contas do Estad...
continuar

Associado


RECEBA ATUALIZAÇÕES

Panelas Pernambuco Podcast

No facebook

Online agora