Eleições 2016: limites de gastos da campanha para prefeito e vereador

TSE divulgou no Diário de Justiça Eletrônico as tabelas com os limites de gastos de campanha e de contratação de pessoal nas Eleições Municipais de 2016 para o cargo de prefeito e vereador.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) publicou no Diário de Justiça Eletrônico (DJE) as tabelas atualizadas com os limites de gastos de campanha e de contratação de pessoal nas Eleições Municipais de 2016, conforme previsto na Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97).

O presidente do TSE, o ministro Gilmar Mendes, destacou que a Justiça Eleitoral e a sociedade terão importante papel na fiscalização da aplicação dos recursos eleitorais. "Nós não dispomos de fiscais na Justiça Eleitoral para dar atenção a todos os gastos. A própria sociedade terá que fiscalizar. E como a disputa é muito acirrada, já que as disputas em municípios são, às vezes, mais acirradas que as nacionais, então é provável que haja ânimo de violar a legislação, especialmente na ausência de uma fiscalização mais visível. Por isso, a própria comunidade terá que se incumbir dessa tarefa”, disse o ministro Gilmar Mendes.

A Reforma Eleitoral 2015 também estipulou limites quantitativos para a contratação direta ou terceirizada de pessoal para prestação de serviços referentes a atividades de militância e mobilização de rua nas campanhas eleitorais, em consonância com o art. 36 da Resolução TSE nº 23.463/1995.

Limites de gastos da campanha para prefeito e vereador no Município Panelas-PE

Os limites de gastos de campanha e de contratação de pessoal nas Eleições Municipais de 2016 para o município de Panelas ficou estabelecido em R$10.803,91 para o cargo de vereador e R$108.039,06 para prefeito. Panelas-PE tem um eleitorado de 21.742, como disse o presidente do TSE: cabe a própria sociedade fiscalizar.

Segundo a Lei das Eleições (Lei n° 9.504/1997), em seu art. 100-A, parágrafo 6º, para fins de verificação dos limites quantitativos de contratação de pessoal não são incluídos: a militância não remunerada; pessoal contratado para apoio administrativo e operacional; fiscais e delegados credenciados para trabalhar nas eleições; e advogados dos candidatos ou dos partidos e das coligações.
Fonte das informações:
TSE - Assessoria de Comunicação

Veja mais publicações sugeridas para você

Política 925110171556613412

Postar um comentário

Os comentários ou recados neste site refletem tão somente a opinião do autor do mesmo. Seja ético e não publique spam.

emo-but-icon

SEJA INTELIGENTE!

SEJA INTELIGENTE!
"A leitura é para a mente o que o exercício é para o corpo" (Joseph Addison)

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

AS DÍVIDAS DE SÉRGIO MIRANDA

Antes que algum fanático desinformado apareça dizendo que estou mentindo, segue os links do site oficial do Tribunal de contas do Estad...
continuar

Associado


RECEBA ATUALIZAÇÕES

Panelas Pernambuco Podcast

No facebook

Online agora