INVERNO: Riscos e Doenças mais comuns nessa estação do ano

Publicado em 28/06/2016 | Da Redação Panelas Pernambuco
A+ A-
O INVERNO, TAMBÉM CONHECIDO COMO A ESTAÇÃO MAIS FRIA DO ANO, QUE CORRESPONDE AO INTERVALO DE TEMPO DE 20 DE JUNHO À 22 DE SETEMBRO DE 2016, TAMBÉM É O PERÍODO MAIS PROPÍCIO PARA O SURGIMENTO DE ALGUMAS DOENÇAS.

Doenças do inverno: Proteja-se!

Isso acontece devido ao teor da umidade que diminui quando o frio aumenta, e assim concentra um maior número de poluentes no ar, desse modo, quando o vento toca o rosto e/ou quando as mãos e os pés ficam muito frios, proporcionam o “alojamento” de doenças comuns do inverno. Além disso, com o frio, as pessoas tendem a recorrer a lugares fechados, que é um ambiente mais favorável para proliferar e/ou contaminar-se com vírus ou bactérias.

DOENÇAS MAIS COMUNS NESSE PERÍODO:

  • GRIPE: causada por vírus;
  • PNEUMONIA: causada por vírus, fungos, bactéria e química (inalação de fumaça e demais produtos químicos);
  • ASMA: doença crônica, sem causa específica, mas que desencadeia crises quando expostos a situações como: mofo, resfriado, gripe, entre outras, que são bem comuns no inverno;
  • BRONQUITE: causada por vírus, concomitantemente acompanhada de uma gripe ou resfriado, e pode contrair uma infecção bacteriana secundária nas vias respiratória;
  • BRONQUIOLITE: causada por vírus, e raramente por bactérias;
  • OTITE: é uma inflamação ou infecção no ouvido, geralmente causada por bactérias ou fungos;
  • MENINGITE: causada por vírus, bactérias ou fungos.
Como podemos perceber, as causas de cada doença são iguais ou semelhantes, o que quer dizer que poderemos seguir os mesmos cuidados e evitar várias doenças.

11 CUIDADOS QUE VOCÊ PODE TER PARA NÃO CONTAMINAR-SE E/OU TRANSMITIR DOENÇAS NESSA ESTAÇÃO DO ANO:

  1. Hábitos de higiene (especialmente nas mãos, lavar sempre);
  2. Evitar tocar os olhos, nariz e boca sem ter higienizado as mãos previamente;
  3. Vacina contra a gripe;
  4. Proteger a boca e o nariz com lenços, ao tossir e/ou espirrar;
  5. Ficar em casa durante o período de transmissão da doença (até 5 dias após sentir os sintomas);
  6. Evitar locais fechados e/ou aglomerações;
  7. Ingerir muito líquido;
  8. Alimentação balanceada;
  9. Aumentar o consumo de vitamina C;
  10. Agasalhar-se bem;
  11. Evitar andar descalço;
Esses são alguns cuidados mínimos para se proteger de algumas doenças típicas do inverno. Mas, o número de doenças as quais o ser humano fica mais vulnerável nesse período, vai mais além, porém, os cuidados para prevenção, na maioria das vezes, serão os mesmos.

Vale ressaltar também, que crianças e idosos são os grupos mais propensos a adquirir enfermidades nessa estação do ano, com isso, os cuidados para esses grupos deverão ser redobrados!

Janily AlvesColuna Saúde // por Janily Alves

Estudante Graduando em Enfermagem no
Centro Universitário do Vale do Ipojuca (UNIFAVIP).

Veja mais publicações sugeridas para você

Saúde 5767338228071924613

Dica promocional

Dica promocional
Transforme sua TV em Smart

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Edição 2017 da Maratona de Cruzes

Confira o vídeo resumo da reportagem da 34ª Maratona de Cruzes, do principal dia do evento. Realizada a 34ª Maratona de Cruzes, o eve...
continuar

No facebook

RECEBA ATUALIZAÇÕES

Podcast Política

Online agora