INVERNO: Riscos e Doenças mais comuns nessa estação do ano

Publicado em 28/06/2016 | Da Redação Panelas Pernambuco
A+ A-
O INVERNO, TAMBÉM CONHECIDO COMO A ESTAÇÃO MAIS FRIA DO ANO, QUE CORRESPONDE AO INTERVALO DE TEMPO DE 20 DE JUNHO À 22 DE SETEMBRO DE 2016, TAMBÉM É O PERÍODO MAIS PROPÍCIO PARA O SURGIMENTO DE ALGUMAS DOENÇAS.

Doenças do inverno: Proteja-se!

Isso acontece devido ao teor da umidade que diminui quando o frio aumenta, e assim concentra um maior número de poluentes no ar, desse modo, quando o vento toca o rosto e/ou quando as mãos e os pés ficam muito frios, proporcionam o “alojamento” de doenças comuns do inverno. Além disso, com o frio, as pessoas tendem a recorrer a lugares fechados, que é um ambiente mais favorável para proliferar e/ou contaminar-se com vírus ou bactérias.

DOENÇAS MAIS COMUNS NESSE PERÍODO:

  • GRIPE: causada por vírus;
  • PNEUMONIA: causada por vírus, fungos, bactéria e química (inalação de fumaça e demais produtos químicos);
  • ASMA: doença crônica, sem causa específica, mas que desencadeia crises quando expostos a situações como: mofo, resfriado, gripe, entre outras, que são bem comuns no inverno;
  • BRONQUITE: causada por vírus, concomitantemente acompanhada de uma gripe ou resfriado, e pode contrair uma infecção bacteriana secundária nas vias respiratória;
  • BRONQUIOLITE: causada por vírus, e raramente por bactérias;
  • OTITE: é uma inflamação ou infecção no ouvido, geralmente causada por bactérias ou fungos;
  • MENINGITE: causada por vírus, bactérias ou fungos.
Como podemos perceber, as causas de cada doença são iguais ou semelhantes, o que quer dizer que poderemos seguir os mesmos cuidados e evitar várias doenças.

11 CUIDADOS QUE VOCÊ PODE TER PARA NÃO CONTAMINAR-SE E/OU TRANSMITIR DOENÇAS NESSA ESTAÇÃO DO ANO:

  1. Hábitos de higiene (especialmente nas mãos, lavar sempre);
  2. Evitar tocar os olhos, nariz e boca sem ter higienizado as mãos previamente;
  3. Vacina contra a gripe;
  4. Proteger a boca e o nariz com lenços, ao tossir e/ou espirrar;
  5. Ficar em casa durante o período de transmissão da doença (até 5 dias após sentir os sintomas);
  6. Evitar locais fechados e/ou aglomerações;
  7. Ingerir muito líquido;
  8. Alimentação balanceada;
  9. Aumentar o consumo de vitamina C;
  10. Agasalhar-se bem;
  11. Evitar andar descalço;
Esses são alguns cuidados mínimos para se proteger de algumas doenças típicas do inverno. Mas, o número de doenças as quais o ser humano fica mais vulnerável nesse período, vai mais além, porém, os cuidados para prevenção, na maioria das vezes, serão os mesmos.

Vale ressaltar também, que crianças e idosos são os grupos mais propensos a adquirir enfermidades nessa estação do ano, com isso, os cuidados para esses grupos deverão ser redobrados!

Janily AlvesColuna Saúde // por Janily Alves

Estudante Graduando em Enfermagem no
Centro Universitário do Vale do Ipojuca (UNIFAVIP).

Veja mais publicações sugeridas para você

Saúde 5767338228071924613

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

AUMENTO DE TARIFAS: A conta de água vai ficar mais cara

A Compesa foi autorizada a reajustar as tarifas da conta de água. Os novos valores já passam a valer a partir do dia 20 de março. C...
continuar

Associado


RECEBA ATUALIZAÇÕES

Panelas Pernambuco Podcast

No facebook

Online agora