DIABETES MELLITUS: Problema de Saúde Pública

Publicado em 14/06/2016 | Da Redação Panelas Pernambuco
A+ A-
Segundo dados do censo IBGE 2010, já se contabiliza mais de 12 milhões de diabéticos no Brasil. A Diabetes Mellitus (DM) é caracterizada pelo desequilíbrio de glicose no sangue (açúcar), e trás sérias consequências para seu portador, dentre as mais graves, o pé diabético.

Por tratar de um número grande de pessoas acometidas pela doença, e por ter complicações tão graves, essa situação torna-se um problema de saúde pública, onde estados e municípios deverão traçar ações em prol do não acometimento da doença e/ou o controle dos riscos ao paciente advindos dessa patologia.

OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE DIABETES

DIABETES TIPO I - deficiência de insulina. Na maioria das vezes causadas por uma doença auto-imune, que “interrompe a fabricação” dessa insulina.

DIABETES TIPO II - deficiência na ação e/ou secreção da insulina. Associado na grande maioria das vezes à obesidade.

SINAIS E SINTOMAS MAIS COMUNS:

  1. Sede excessiva
  2. Aumento do volume da urina,
  3. Aumento do número de micções
  4. Surgimento do hábito de urinar à noite
  5. Fadiga, fraqueza, tonturas
  6. Visão borrada
  7. Aumento de apetite
  8. Perda de peso.

PREVENÇÃO:

  • Manter peso normal
  • Praticar atividade física regular
  • Não fumar
  • Controlar a pressão arterial
  • Evitar medicamentos que potencialmente possam agredir o pâncreas (cortisona, diuréticos tiazídicos)

PÉ DIABÉTICO

O pé diabético é uma das complicações mais graves da diabetes, trata-se de uma lesão no pé de difícil cicatrização devido as condições do paciente. Na diabetes, é muito comum o indivíduo desenvolver neuropatias, uma doença que afeta os nervos, que tem como principal característica a perda da sensibilidade, quando a neuropatia é periférica, é muito comum lesões nessa parte do corpo. É possível que o portador da doença se corte e não seja capaz de sentir nada, e a ferida vai crescendo e ficando cada vez mais difícil de tratar.

Alguns cuidados gerais para prevenção de lesões no pé podem ser tomados:

  • Fazer avaliação diária dos pés;
  • Não lavar os pés com água quente demais;
  • Secar bem os pés pós o banho;
  • Manter a pele hidratada;
  • Usar meias sem costura e sem elástico (preferencialmente brancas);
  • Cortar as unhas pelo menos uma vez no mês e lixar uma vez na semana;
  • Usar calçado adequado (que não aperte demais);
Uma vez o paciente diabéticos com a ferida, o tratamento é lento e muitas vezes não é eficaz, o que leva à amputação, segundo o Manual do Pé diabético (2016):

• Pessoas com DM apresentam uma incidência anual de úlceras nos pés de 2% e um risco de 25% em desenvolvê-las ao longo da vida.

• Aproximadamente 20% das internações de indivíduos com DM são decorrentes de lesões nos membros inferiores.

• Complicações do Pé Diabético são responsáveis por 40% a 70% do total de amputações não traumáticas de membros inferiores na população geral.

• 85% das amputações de membros inferiores em pessoas com DM são precedidas de ulcerações, sendo os seus principais fatores de risco a neuropatia periférica, as deformidades no pé e os traumatismos.

Para o tratamento dessas lesões, no momento usa-se recursos disponíveis em hospitais, muito embora pelas condições do paciente, algo mais específico seria mais prudente, como é o caso da TERAPIA LARVAL, uma técnica que vem sendo resgatada, trata-se do uso de larvas estéreis diretamente no leito da ferida, e então essas larvas vão fazer o que chamamos de desbridamento (retirada do tecido morto) além de liberar enzimas que estimulam o tecido de granulação, e então acelera o processo de cicatrização.

Essas são algumas informações relevantes e úteis com relação à questão da diabetes. Até o próximo artigo com mais questões relacionadas à Saúde.

Janily AlvesColuna Saúde // por Janily Alves

Estudante Graduando em Enfermagem no
Centro Universitário do Vale do Ipojuca (UNIFAVIP).

Veja mais publicações sugeridas para você

Saúde 5300836630207934662

SEJA INTELIGENTE!

SEJA INTELIGENTE!
"A leitura é para a mente o que o exercício é para o corpo" (Joseph Addison)

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

AS DÍVIDAS DE SÉRGIO MIRANDA

Antes que algum fanático desinformado apareça dizendo que estou mentindo, segue os links do site oficial do Tribunal de contas do Estad...
continuar

Associado


RECEBA ATUALIZAÇÕES

Panelas Pernambuco Podcast

No facebook

Online agora