Índice de Vulnerabilidade Social no Brasil caiu, mas em Panelas (PE) ainda é alto

O Índice de Vulnerabilidade Social (IVS) no Brasil caiu 27% entre 2000 e 2010, segundo estudo divulgado na terça-feira (01/09) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O indicador que mede a exclusão social da população passou de 0,446 para 0,326 em uma década. Com o resultado, o Brasil passa da faixa de alta vulnerabilidade social para a faixa média do índice. Mas, em municípios do Nordeste a situação ainda é alarmante, pois mesmo tendo caído um pouco, o IVS ainda está alto, é o caso de Panelas-PE.

Mapa do índice de Vulnerabilidade Social de Panelas-PE

O estudo reúne 16 parâmetros de infraestrutura urbana, saúde, educação, renda e trabalho. Quanto maior o índice, piores são as condições de vida da população. A melhoria foi mais intensa nos indicadores de trabalho e renda, e menor na área de infraestrutura urbana, segundo o Ipea. Ao analisar os dados, o instituto reconhece a permanência de "um quadro de disparidades regionais", com a concentração das populações "mais vulneráveis" no Norte e no Nordeste. O problema se agrava em estados como Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Maranhão, Pará, Pernambuco, Rondônia e em parte da Bahia.

IVS Panelas-PE

Em Panelas o IVS está em 0,484, 0,70 pontos acima da média do Estado de Pernambuco e 0,158 acima da média no País. No mesmo estudo do Ipea, Panelas apresenta um IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) de 0,569. O IDHM varia de 0 a 1 e quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento humano, ao contrário do IVS. O município teve uma década para melhorar seus índices tanto de Vulnerabilidade Social como o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal e, ao analisar a tabela acima (imagem 02), observa-se que em 10 anos Panelas caiu apenas 0,106 no IVS, enquanto que melhorou 0,167 no IDHM. 

Para efeito de comparação, municípios como Cupira-PE (vizinho) visto como mais desenvolvido, está em situação semelhante a Panelas. Isso significa que a “terra dos Cabanos” teve uma pequena melhoria no desenvolvimento, mas, ainda está abaixo da média Nacional e Estadual com índice alto de exclusão social da população e baixo no desenvolvimento humano (Longevidade, educação e renda).

Referência:
Fonte da notícia: G1
Informações: IPEA

Veja mais publicações sugeridas para você

Notícia 780286733471463710

Dica promocional

Dica promocional
Transforme sua TV em Smart

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Edição 2017 da Maratona de Cruzes

Confira o vídeo resumo da reportagem da 34ª Maratona de Cruzes, do principal dia do evento. Realizada a 34ª Maratona de Cruzes, o eve...
continuar

No facebook

RECEBA ATUALIZAÇÕES

Podcast Política

Online agora