O demônio dos detalhes em Panelas

Existe um ditado, salvo engano, alemão que diz que “o diabo mora nos detalhes”. Penso que o diabo faça morada nas cabeças vazias das pessoas que enchem os bolsos e se omitem diante da malversação do dinheiro público, mas isso é apenas detalhe. Costumo dizer a meus seguidores que Panelas é hoje uma cidade dividida por um abismo onde; de um lado estão pessoas excessivamente ricas e do outro pessoas desesperadamente pobres. Outra miudeza que com certeza seria rebatida pelos portadores dos cabrestos mais modernos e caros.

“O diabo mora nos detalhes”
Em uma postagem do Facebook que mostrava uma escola da vila de Cruzes repleta de propaganda eleitoral, falta de acessibilidade etc., um familiar de um dos vereadores da cidade comentou que aquilo era apenas um detalhe. Na verdade foi pior, a frase da cidadã dizia: “Por que vocês só registram coisas pequenas, detalhes...” (corrigi a ortografia). Decidi então refrescar a memória não só da autora da frase, mas também de todos os leitores dessa coluna para que fique claro que se juntarmos todos os “detalhes” teremos o retrado do desgoverno atual. É um descaso monstruoso realizado pelo atual digestor e ratificado pela “oposição”.

Vou começar pelo não cumprimento do regimento interno da Câmara e da incompetência do atual Presidente da Casa em publicar as ações dos nossos “representantes” eleitos. Só um detalhe. Em seguida podemos passar para praça que teve seu nome modificado para: Praça Governador Eduardo Campos, no entanto, sem nenhuma legitimidade, pois não houve projeto de lei que justificasse a mudança. Outro pequeno detalhe. Continuando na praça, é importante lembrar que; foi reformada e inaugurada, mas sem ter sido concluída, já que o pedaço que fica na frente da Igreja Bom Jesus Dos Remédios também estava no projeto. Outro detalhe.

O prédio da Prefeitura não tem acesso para deficientes físicos ou pessoas com mobilidade reduzida, mas isso é um minúsculo detalhe, assim como também o é a falta de portal da transparência no município. O aterramento do açude não se fala. É um detalhe. O Tietê Panelense (esgoto a céu aberto que substituiu o açude), detalhe. A quadra do Dom Moura que fica dentro do antigo açude, ao lado do esgoto e muito longe da escola; é detalhe. O problema do lixão que deveria ter sido resolvido (e é lei), outro detalhe. A adutora que Sérgio disse que faria e que depois o atual governador (apoiado por Sérgio Miranda) prometeu que seria concluída até o fim de 2015, é só mais um pequeno detalhe. Os fantasmas da Câmara (pessoas que recebiam sem trabalhar) são detalhes metafísicos (maldade minha). Antes que eu esqueça; a Câmara de Vereadores também não respeita a lei da facilitação do acesso para deficientes e pessoas com mobilidade reduzida. Como pude esquecer esse detalhe?!

Falei que se comemora o aniversário da cidade em data errada? Pois é, estamos comemorando a data que a cidade virou Vila, mas um detalhe insignificante como esse não fará nenhuma diferença. Sérgio Miranda também é o prefeito que interrompeu a continuidade do Festival Nacional De Jericos (em 2013 não fez a festa). Detalhe, Pierre, detalhe... Falei daqueles problemas que o atual digestor se meteu em 2004 por burlar licitações? Então, foi outro detalhe. As recomendações de rejeição de contas pelo TCE também são outros detalhes. As contratações ilegais, detalhes; a falta de concurso público, detalhe. Lembra-se do problema da falta de espaço no Cemitério da Saudade? Para você ver, caro leitor, nem os mortos escapam. Detalhes tão pequenos não mereciam nem comentários.

Falei do vereador aquático, Sandrinho (PTB) fotografado procurando uma piscina durante a sessão do Legislativo e em plena seca? Não sei o porquê de relembrar esses detalhes. Bem, recordar é viver. Lembra-se do protesto na BR 104, quando colocaram a culpa na COMPESA e em Eduardo Campos? Então, como é mesmo o “novo” nome da praça do centro da cidade que tem uma fonte? Detalhes, detalhes, apenas detalhes.

Não cumprimento do regimento interno da Câmara, falta de publicação da pauta e das ações do Legislativo, mudança de nome de praça pública sem projeto de lei, inauguração de obra sem a mesma ter sido concluída, prédio da prefeitura e o da Câmara sem acesso para deficientes ou pessoas com mobilidade reduzida (pera aí que faltou fôlego), falta de portal da transparência (Câmara e Prefeitura), Tietê Panelense (antigo açude), lixão, adutora, fantasmas da Câmara, rompimento da continuidade do Festival Nacional de Jericos, Burlar licitações, contratações ilegais, falta de concurso público (faltou fôlego de novo), aplicação mínima nos recursos da saúde e educação e tudo isso ratificado pela omissão da “oposição”. Os novos e os antigos candidatos nada dizem; nada fazem, mas isso é só outro pequeno detalhe.

Ufa! Cansei! Poderia numerar mais uns trinta, entretanto, eu prefiro não cansar o leitor. Tenho certeza de que enquanto estiverem lendo esse artigo lembrarão de mais alguns problemas enfrentados pelo povo, causado pelo atual desgoverno e ratificado pela “oposição”. Agora vou ouvir uma música, tomar um vinho e relaxar porque ninguém é de ferro. Opa! Que tal ouvir “detalhes”, do rei Roberto Carlos? Afinal, os detalhes do dito “rei” de Panelas já estragaram a vida de muita gente. “São coisas muito grandes pra esquecer...”.

Por Pierre Logan

Veja mais publicações sugeridas para você

Opinião 648849383021272562

Postar um comentário

Os comentários ou recados neste site refletem tão somente a opinião do autor do mesmo. Seja ético e não publique spam.

emo-but-icon

SEJA INTELIGENTE!

SEJA INTELIGENTE!
"A leitura é para a mente o que o exercício é para o corpo" (Joseph Addison)

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

AS DÍVIDAS DE SÉRGIO MIRANDA

Antes que algum fanático desinformado apareça dizendo que estou mentindo, segue os links do site oficial do Tribunal de contas do Estad...
continuar

Associado


RECEBA ATUALIZAÇÕES

Panelas Pernambuco Podcast

No facebook

Online agora