Do coronelismo ao imbecilismo

"Enquanto a maioria dos políticos panelenses mantiver a cultura do imbecilismo, os vereadores continuarão sendo um conjunto de pessoas que separadas nada podem fazer e que se juntam para decidir que nada pode ser feito."
Muita gente acredita que ainda vivemos na “época dos coronéis”, no entanto, penso que, em política de interior, conseguimos regredir ainda mais e chegamos a um nível tão baixo que poderíamos batizar sem erro nenhum de imbecilismo. Confesso que acreditei por um tempo que Panelas vivia em uma época de hipocrisia sem limites, mas diante de alguns acontecimentos recentes é possível deduzir que eu estava errado. Para que haja hipocrisia é necessário que haja falsidade, mas alguns dos políticos panelenses provaram que não têm capacidade sequer para serem hipócritas, pois eles acreditam em todas as mentiras que contam.

Temos nossa parcela de culpa, pois substituímos muitos vereadores com formação e conhecimento técnico e jurídico por uma turma que não conseguiu sequer ler o regimento. Se tivessem lido saberiam que o Art.1° explica qual o papel da Câmara: “O poder Legislativo local é exercido pela Câmara Municipal que tem funções legislativas, de fiscalização financeira e de controle externo do Executivo, de julgamento político-administrativo, desempenhando ainda as atribuições que lhe são próprias, atinentes à gestão dos assuntos de sua economia interna”. Percebeu que não diz nada sobre aceitar passivamente tudo o que o prefeito ordena e permanecer inerte diante da demolição de nossa cultura?

Eu poderia centrar fogo apenas no Presidente da Casa (casa deles porque não é mais do povo), mas não costumo dar atenção em demasia para pessoa como ele. Não costumo ter inimigos medíocres. Por isso escrevo este artigo para reforçar a ideia de que não há mais coronelismo em Panelas, mas sim; imbecilismo.

O sistema criado pela maioria dos políticos é tão estúpido que os próprios políticos não percebem a força e a responsabilidade que têm. Os vereadores poderiam mudar de uma vez por todas as estruturas e fazer valer a confiança depositada pelo povo. A Câmara Municipal pode submeter o Prefeito do Município, Vice-prefeito, Secretários Municipais ao controle da fiscalização financeira. Tem como uma de suas principais funções o exercício de controle da administração local, principalmente lei orçamentária e ao julgamento das contas apresentadas pelo Prefeito, mediante auxílio do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (Art. 3° do Regimento Interno). Nunca é demais lembrar que o TCE recomendou a rejeição das Contas (anos 2011, 2012, 2013) do Prefeito Sérgio Miranda. Mas por algum motivo que ninguém sabe qual é (juro que não estou pensando na hipótese de corrupção, suborno ou coisa do tipo) a maioria dos vereadores preferem ferrar com a vida do povo que com a dos “companheiros”.

O art. 4° do Regimento interno conta a seguinte piada: “As funções de controle externo da Câmara implicam a vigilância dos negócios do Executivo em geral, sob os prismas da legalidade (acredite se quiser), impessoalidade (tipo não contratar alguém só por ser próximo), moralidade (crime capital falar disso na Câmara), publicidade (igual o portal da transparência que é lei, mas em Panelas não existe) e da ética (lindo mais inexistente) político-administrativas com a tomada das medidas sanatórias que se fizerem necessárias (tipo baixar a cabeça e dizer: “sim, majestade!”). Estou citando muito o Regimento Interno porque reli pela terceira vez e cheguei à conclusão de que; ou nunca leram ou leram e fazem tudo ao contrário de propósito.

Deixo claro que não estou falando de todos os vereadores (a generalização é uma forma de injustiça), alguns fazem o trabalho da melhor maneira que podem. Estou me referindo a meia dúzia de anencéfalos que estão ali apenas pelo salário e as “facilidades” que o cargo proporciona. Estou fazendo uma alusão ao imbecilismo que é fazer parte de um dos três poderes e não fazer jus ao “poder que ocupa”, prejudicando dessa forma todo sistema de freios e contrapesos. Enquanto a maioria dos políticos panelenses mantiver a cultura do imbecilismo os vereadores continuarão sendo um conjunto de pessoas que separadas nada podem fazer e que se juntam para decidir que nada pode ser feito. Do coronelismo passamos para o imbecilismo, mas não se iluda caro leitor, se reelegermos essa turma ainda tem como piorar.

Por Pierre Logan

Veja mais publicações sugeridas para você

Opinião 2781290435527128226

Postar um comentário

Os comentários ou recados neste site refletem tão somente a opinião do autor do mesmo. Seja ético e não publique spam.

emo-but-icon

SEJA INTELIGENTE!

SEJA INTELIGENTE!
"A leitura é para a mente o que o exercício é para o corpo" (Joseph Addison)

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

AS DÍVIDAS DE SÉRGIO MIRANDA

Antes que algum fanático desinformado apareça dizendo que estou mentindo, segue os links do site oficial do Tribunal de contas do Estad...
continuar

Associado


RECEBA ATUALIZAÇÕES

Panelas Pernambuco Podcast

No facebook

Online agora