Dez anos de (des)construção: os entraves da educação panelense

Com o espírito esperançoso e fiel aos princípios educacionais, aceitei o convite do Panelaspernambuco.com para propor discussões sobre um tema que, segundo o filósofo Foucault: “antes de reproduzir, tem o poder de produzir tipos de sociedade”, e creiam, ele não falava de política, economia ou mídia, é a educação que detém todo esse poder.

Isso não quer dizer que precisamos pensar a educação como uma esfera à margem desses outros poderes sociais. Platão, o primeiro pedagogo do qual se tem notícia, integrou a noção de educação a uma dimensão ética e política. Dois mil anos se passaram, e essa integração da qual nos falou Platão pode ser vista, infelizmente de forma precária, nas nossas cidades, nos nossos estados, no nosso país.

No dia 07/05 (há uma semana), durante sessão do legislativo municipal, os vereadores de Panelas-PE realizaram a votação do Plano Municipal da Educação (PME), como este site bem noticiou (Plano Municipal da Educação é aprovado pelos vereadores de Panelas). O Ministério da Educação – MEC fornece diversos documentos (cartilhas, guias de elaboração, etc.), além de sites especializados, para que os municípios elaborem esse instrumento norteador em consonância com os parâmetros educacionais do país. Como vimos no início desse artigo, a educação tem o poder de produzir/reproduzir a sociedade na qual vivemos. Isso quer dizer, que esse Projeto de Lei votado pelos vereadores da nossa cidade conduzirá não apenas os objetivos da educação do município por cerca de dez anos, como também o destino de nossa sociedade por, permita-me dizer, décadas e mais décadas.

Quem trabalha em educação sabe que o efeito de uma década mal planejada/executada pode condenar uma sociedade ao declínio por gerações. Agora seguem os questionamentos: quais foram as pessoas que redigiram esse documento? O corpo docente do município foi ouvido? Afinal, há melhores analistas que os próprios profissionais que estão em sala de aula diariamente? Sugiro a você, nobre leitor, direcionar essas perguntas ao vereador que teve a honra de receber seu voto; cobre-o sem medo, afinal, é ele que o representa na esfera pública.

Para findar esse primeiro artigo, resgato de minha memória uma passagem que faz certa analogia ao que seria o processo de educação. Certa vez um pensador me disse que quando usamos a palavra “primeiro”, deixamos claro que outros virão depois deste primeiro. Caso contrário, o nomearíamos como único. Assim também é a educação, ela necessita de continuidade para que possa ser realizada em profundidade.

Espero que nossos encontros por aqui sigam essa premissa. Até breve!

Por Sheila Alves

PNE - Planejando a Próxima Década Conhecendo as 20 Metas do Plano Nacional de Educação
Imagem: ilustração da capa da cartilha do PNE - "Planejando a Próxima Década".

Veja mais publicações sugeridas para você

Opinião 3811270544273463180

Postar um comentário

Os comentários ou recados neste site refletem tão somente a opinião do autor do mesmo. Seja ético e não publique spam.

emo-but-icon

Ótimas ofertas

Ótimas ofertas
Artigos esportivos e mais

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Programação da Maratona de Cruzes 2017

Divulgada a programação oficial da 34ª Maratona de Cruzes. A festa será realizada nos dias 24, 25 e 26 de Novembro. Programação da 34ª Mar...
continuar

Associado


No facebook

RECEBA ATUALIZAÇÕES

Online agora