A Casa de vidro

"O legislativo deve ser transparente como o vidro, pois pode ser que o povo descubra que as paredes não são, mas o teto é."
Quinta-feira, dia 01 de janeiro de 2015, foi o dia em que Manoel Caboclo (PTB) tomou posse da presidência da Câmara de Vereadores de Panelas e, como todo político moderno, repetiu o velho discurso da “gestão medusa dos mares”: o de que sua “gestão” será transparente. O Buffet estava lindo, um tapete vermelho suntuoso foi estendido, os garçons, bem vestidos, como sempre, serviam os convidados e os vereadores faziam “o social” com os presentes. Tudo estava lindo, mas os discursos...

Toda vez que ouço um vereador do município na tribuna tenho a sensação de que alguns têm uma séria alergia a livros ou qualquer coisa que tenha a ver com leitura. É como se fosse um tipo de hemeralopia ou fotofobia, mas ao invés de luz do sol o que faz mal a eles é o conhecimento. O Manoel Caboclo, inclusive, teve a ousadia de dizer que “Sérgio Miranda tinha feito muitos projetos com responsabilidade”. Senti frêmitos. Gritei diante da tela do meu computador: “Qual? Qual? Qual? Fala qual!”. É provável que ele não tenha me ouvido gritar daqui de São Paulo, já que pelo jeito não está nem conseguindo ver o que acontece em Panelas.

Mas não estou escrevendo esse artigo para dizer que o atual presidente da câmara é um puxa-saco. Também não estou aqui para dizer que, como vereador, ele é um ótimo esquentador de cadeira. Estou aqui para sugerir, com humildade, que comece suas novas obrigações mostrando que suas promessas não foram vazias. Que comece o ano com o pé direito bem na cara dos vereadores que disseram que ele faria uma má gestão. E o único modo de começar a fazer isso é transferindo o horário das reuniões da câmara para o período noturno.

Transparência significa: fazer com que todos saibam o que você está fazendo, como em uma casa de vidro. Será que ele vai nos obrigar a continuar dizendo que o legislativo está “no caminho dos entulhos”? Será que todas as vezes que ele abriu a boca para falar em transparência teve a intenção de ludibriar os ouvintes? Será que mudará o horário para dar “acesso” ao povo ou adotará a alcunha de mentiroso desprezível?

Os argumentos que Manoel Caboclo pode usar para fazer a bendita transferência é o mesmo discurso que sempre faz desde que se candidatou: o discurso da transparência. Não pode haver transparência em uma reunião onde cidadãos trabalhadores não podem estar de corpo presente. Não pode haver transparência onde estudantes do EREMPA, por exemplo, nunca poderão prestigiar uma votação na casa. Não há de se falar em transparência onde professores, alunos ou cidadãos (maioria) que têm ocupações regulares não podem acompanhar aqueles que os representam por não poder abrir mão de seus afazeres.

O principal argumento dos legisladores que propuseram a mudança de horário para tarde foi o de que “estavam com dificuldades para se locomover até a câmara por causa do horário”. O vereador ganha muito bem para frequentar as reuniões e não podem colocar a culpa nem na distância e nem no horário, até porque fizeram a mudança e, mesmo no período diurno, continuam faltando. Até na cerimônia de posse faltaram três: Juacir Alves (PTB), Edson Rufino (PT) e Quiterinha (PR).

O que o povo espera é que tudo seja feito em nome do bem comum e não em nome de um ou dois vereadores que julgam que merecem mérito, ainda que não o mereçam. Se o poder emana do povo e é exercido através de seus representantes, então, que seja feito, “através” e não “para” os representantes.

O que se pede é que Manuel faça o que é pago para fazer e que cumpra as promessas que fez. Não existe o “meio-transparente”, “meio-certo”, “meio-reto” ou “meio-vereador”, “meias-promessas” etc. O legislativo deve ser transparente como o vidro, pois pode ser que o povo descubra que as paredes não são, mas o teto é. Cuidado com a chuva de pedras.

Por Pierre Logan


Câmara de Vereadores de Panelas: A Casa de vidro

Veja mais publicações sugeridas para você

Opinião 3861457552583924850

Postar um comentário

Os comentários ou recados neste site refletem tão somente a opinião do autor do mesmo. Seja ético e não publique spam.

emo-but-icon

Ótimas ofertas

Ótimas ofertas
Artigos esportivos e mais

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Programação da Maratona de Cruzes 2017

Divulgada a programação oficial da 34ª Maratona de Cruzes. A festa será realizada nos dias 24, 25 e 26 de Novembro. Programação da 34ª Mar...
continuar

Associado


No facebook

RECEBA ATUALIZAÇÕES

Online agora