Porque o desequilíbrio financeiro dos Municípios no final de mandato?

Entenda o por que do desequilíbrio financeiro dos Municípios brasileiros em final de mandato. Em decorrência da surpresa dos dirigent...

Publicado em 14/12/2012
A+ A-

Entenda o por que do desequilíbrio financeiro dos Municípios brasileiros em final de mandato.


Porque o desequilíbrio financeiro dos Municípios brasileiros em final de mandato?

Em decorrência da surpresa dos dirigentes municipais com a atual dificuldade financeira vivida pelos Municípios brasileiros, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) realizou um amplo estudo para identificar quais as principais causas do aperto fiscal que precede o encerramento do mandato das 5.563 prefeituras do País.

O sinal vermelho está ligado para os municípios brasileiros neste final de gestão dos atuais prefeitos.

É um ano atípico, de encerramento dos mandatos e o estudo concluiu que a principal razão do desequilíbrio atual não é a simplesmente a queda da receita, que é muito expressiva, mas principalmente a imposição de novas despesas.

As principais razões encontradas para o referido desequilíbrio são:


1. A queda na receita de transferências da União em razão tanto da fraca atividade econômica quanto da política de desoneração do Governo Federal;

2. O enorme volume acumulado de restos a pagar da União devido a municípios;

3. O impacto financeiro de legislações nacionais como a Lei do Piso do Magistério;

4. Os constantes aumentos do Salário Mínimo muito acima da inflação e do crescimento da receita;

5. A omissão das demais esferas no financiamento da saúde;

6. O sub-financiamento dos programas federais nas áreas de educação, saúde e assistência social.

A queda da atividade econômica, principalmente a partir do segundo trimestre, prejudicou a receita dos tributos federais que servem de base para o FPM (Fundo de Participação dos Municípios), fazendo com que este ano os Municípios enfrentem uma frustração de receita do FPM de R$ 6,9 bilhões.

Essa situação também inclui Panelas e os demais municípios da região, como por exemplo: Quipapá, Jurema, Cupira, Agrestina, Caruaru, e outros.

Mais publicações relacionadas:

Para saber mais sobre o amplo estudo realizado pela CNM, clique aqui e baixe o estudo completo em um arquivo em PDF.

Veja mais publicações sugeridas para você

Política 1300641269790109605

Ótimas ofertas

Ótimas ofertas
Artigos esportivos e mais

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Programação da Maratona de Cruzes 2017

Divulgada a programação oficial da 34ª Maratona de Cruzes. A festa será realizada nos dias 24, 25 e 26 de Novembro. Programação da 34ª Mar...
continuar

Associado


No facebook

RECEBA ATUALIZAÇÕES

Online agora