Ministério Público Estadual quer adoção de medidas voltadas à segurança pública

O Ministério Público de Pernambuco vai recomendar aos promotores de Justiça de todo o Estado que firmem Termos com os prefeitos pernambucan...

Publicado em 31/07/2012
A+ A-
O Ministério Público de Pernambuco vai recomendar aos promotores de Justiça de todo o Estado que firmem Termos com os prefeitos pernambucanos em torno de adoção de medidas voltadas à segurança pública municipal.

segurança pública

O procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon, vai recomendar aos promotores de Justiça de todo o Estado que firmem Termos de Ajustamento de Conduta (TACs) com os prefeitos pernambucanos em torno da adoção de medidas voltadas à segurança pública. De acordo com Fenelon, esta questão também é de responsabilidade direta das prefeituras. O chefe do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) lembrou a palestra que proferiu há três anos para um grupo de prefeitos do Agreste sobre este assunto, com apoio da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe).

Naquela ocasião, Fenelon sugeriu aos prefeitos que melhorassem a iluminação pública, instalassem câmeras de segurança, fortalecessem a guarda patrimonial e dessem total apoio aos Conselhos Tutelares. “As prefeituras têm, sim, o dever de se engajar ao programa Pacto pela Vida, como forma de fortalecer o enfrentamento à violência urbana”, observou. 

O problema da segurança pública foi destacado em recente pesquisa do Instituto Maurício de Nassau. No levantamento, o eleitor recifense aponta a segurança pública como a maior preocupação da população da capital.

O procurador-geral enfatizou, ainda, a importância da criação de um selo de certificação do Pacto pela Vida, que seria concedido os municípios que cumprissem uma série de exigências no combate à criminalidade, entre elas a instalação de centros de recuperação de dependentes químicos.

De acordo com a proposta apresentada por Fenelon e pelo promotor de Justiça Paulo Augusto Oliveira à Câmara Setorial do Pacto pela Vida, ano passado, as prefeituras que conseguissem reduzir a criminalidade receberiam benefícios fiscais, por meio do ICMS da Paz.

Fonte das informações e publicação: Blog Falando Francamente

Veja mais publicações sugeridas para você

Notícia 6289941195102721729

Ótimas ofertas

Ótimas ofertas
Artigos esportivos e mais

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Programação da Maratona de Cruzes 2017

Divulgada a programação oficial da 34ª Maratona de Cruzes. A festa será realizada nos dias 24, 25 e 26 de Novembro. Programação da 34ª Mar...
continuar

Associado


No facebook

RECEBA ATUALIZAÇÕES

Online agora