MAYARA PETRUSO É MAIS UM CASO DE ESTUPIDEZ HUMANA

As mensagens ofensivas contra o povo Nordestino que circularam pelo Facebook e Twitter, postadas pela estagiária de Advocacia Mayara Petrus...

Publicado em 04/11/2010 | Da Redação do Panelaspernambuco.com
A+ A-
As mensagens ofensivas contra o povo Nordestino que circularam pelo Facebook e Twitter, postadas pela estagiária de Advocacia Mayara Petruso, no Domingo logo após a eleição no segundo turno para Presidente do Brasil. É mais um caso de estupidez humana. Nada justifica tal agressividade contra uma nação inteira,  pois só para lembrar, foi no Nordeste que o País teve inicio e somos todos Brasileiros, filhos de uma só Pátria.


Rede Brasil Atual

São Paulo - A Ordem dos Advogados do Brasil de Pernambuco (OAB-PE) vai entrar nesta quarta-feira (3), na Justiça de São Paulo, com uma representação criminal contra a estudante de direito, Mayara Petruso, por ter iniciado uma onda de ataques aos nordestinos pelo microblog Twitter após o resultado da eleição.

No domingo à noite, usuários do Twitter publicaram mensagens ofensivas ao Nordeste e a seus habitantes atribuindo à região o resultado das eleições à Presidência da República. Dilma Rousseff (PT) foi eleita com larga margem nos nove estados da região, mas, somadas as demais unidades da federação, ela também venceria. Apesar disso, inúmeras mensagens povoaram as redes sociais na internet.

Segundo o presidente da OAB-PE, Henrique Mariano, Mayara Petruso deve responder por crime de racismo (pena de dois a cinco anos de prisão, mais multa) e incitação pública de prática de ato delituoso (cuja pena é detenção de três a seis meses, ou multa), no caso, homicídio. Uma das mensagens postadas pela universitária foi: " Nordestino não é gente.Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado!".

"É uma atitude lastimável vinda de futura profissional que deverá defender a justiça social e os direitos humanos. O fato dela ser estudante de direito só agrava sua situação, esse comportamento não condiz com um bacharel de direito", critica Mariano, em entrevista à Rede Brasil Atual.

Em julho de 2010, o Ministério Público de Pernambuco, juntamente com a OAB-PE, ajuizou uma representação criminal contra alguns usuários do Twitter, por mensagens ofensivas aos nordestinos após as enchentes na região. Para o presidente da entidade, as redes sociais são um alvo de preocupação pela rapidez de difusão das mensagens.

"As redes sociais hoje têm maior alcance que os meios de comunicação convencionais", compara. "Elas atingem o país inteiro e se difundem de forma rápida. Os crimes cometidos nesse meio são de ordem federal", completa.

Mariano revelou ainda que vai entrar em contato com a OAB-SP para descobrir se a estudante já exerce a função de estagiária. Se a resposta for positiva, ele também promete entrar com uma ação no Tribunal de Ética e Disciplina (TED), que apura infrações cometidas por estagiários e advogados.

O episódio

No próprio domingo, usuários do Twitter revoltados com as postagens ofensivas aos nordestinos produziram uma série de mensagens agrupadas pela hashtag "#orgulhodesernordestino". A expressão ficou entre as mais empregadas na rede até o dia seguinte (entre os primeiros lugares no ranking mundial de temas). Um blog intitulado Diga não à xenofobia!, por exemplo, compilou mensagens extraídas do Twitter, Facebook e Orkut em que há expressão de preconceito contra nordestinos.

Mayara Petruso excluiu suas contas no Twitter e no Facebook. Na segunda-feira (1º) ainda era possível acessar o perfil da estudante no Orkut, onde Mayara tinha deixado uma mensagem de desculpas pelas agressões: "Minhas sinceras desculpas ao post colocado no ar, o que era algo pra atingir outro foco, acabou saindo fora de controle. Não tenho problemas com essas pessoas, pelo contrário, errar é humano, desculpa mais uma vez". 

www.redebrasilatual.com.br

Veja mais publicações sugeridas para você

Notícia 3948350238141662465

LIVE 31/08/2017: Poder Legislativo

Promoção

Promoção
“GANHE R$50 OFF” ou MAIS, não perca essa promoção!

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

DESFILE CÍVICO: cadê o nacionalismo, patriotismo, civismo e cidadania?

“Cidadania é você ter conhecimento de seus direitos e deveres, reivindicando-os sempre que algum representante sonhar em tirá-los de circula...
continuar

Associado


RECEBA ATUALIZAÇÕES

No facebook

Online agora