INSCRIÇÕES NO SISU PARA SEGUNDA ENTRADA

Publicado em 10/06/2010 | Da Redação do Panelaspernambuco.com
A+ A-
Sistema de Seleção Unificada (SiSU) estará aberto nesta quinta-feira com 16,5 mil vagas.


Estudantes de todo o país poderão concorrer a 16.573 vagas na educação superior a partir desta quinta-feira, 10, quando o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) estará aberto novamente. Participam dessa rodada de oferta de vagas 35 instituições públicas de ensino superior que aderiram ao sistema. O período de inscrições vai se estender até o dia 14.

Há oferta de vagas em cursos superiores de bacharelado, licenciatura e de tecnologia. Esta edição do Sisu reunirá 15 universidades federais, duas estaduais, 17 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e um centro federal de educação tecnológica (Cefet). Aderiram ao sistema oito instituições que não participaram do primeiro processo, em janeiro —universidades federais de Viçosa (UFV), Uberlândia (UFU) e Mato Grosso do Sul (UFMS); universidades estaduais do Rio Grande do Sul (Uergs) e de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal); institutos federais do Ceará e do Sul de Minas Gerais e o Cefet do Rio de Janeiro.

Podem participar da seleção os candidatos que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2009. As inscrições, que serão feitas em uma única etapa, estarão abertas no período de 8h às 23h59 (horário de Brasília). O estudante deve informar o número de inscrição no Enem de 2009 e a senha de acesso cadastrada no exame. O candidato terá acesso ao Sisu com a senha do Enem, mas pode criar uma outra.

O aluno pode fazer até duas opções de curso e instituição, em ordem de preferência, e alterá-las durante o período de inscrições, com base na nota de corte divulgada ao fim de cada dia. Cada alteração invalida a opção feita anteriormente. Terminado o período de inscrições, haverá três chamadas subsequentes. Os selecionados na primeira opção não serão convocados nas chamadas posteriores — nem mesmo aqueles que não fizeram a matrícula. Ao fim das três chamadas, caso ainda haja vagas, as instituições convocarão os candidatos a partir da lista de espera gerada pelo sistema.

De acordo com a secretária de educação superior do Ministério da Educação, Maria Paula Dallari Bucci, as mudanças no sistema permitirão mais rapidez ao processo. “No Sisu do começo do ano, chegamos a mais de 95% de preenchimento das vagas nas instituições. Agora, devemos aumentar esse índice”, disse.

Outra vantagem do sistema, segundo a secretária, é garantir a mobilidade e a visibilidade das instituições de educação superior. “Os dirigentes das universidades e institutos ficaram satisfeitos com o índice de matrículas, que cresceu no primeiro semestre, comparado aos anos anteriores”, afirmou Maria Paula.

Institutos — A educação profissional também é destaque na seleção de estudantes para o segundo semestre. Do total de vagas, 2.846 são destinadas aos institutos federais de educação, ciência e tecnologia e ao Cefet. “É um número significativo, correspondente a 17% do total de vagas oferecidas no sistema”, ressaltou o secretário de educação profissional e tecnológica do MEC, Eliezer Pacheco. 

De acordo com o secretário, a maior parte dessas vagas é destinada a estudantes de cursos de licenciatura, o que coincide com um dos propósitos dos institutos, o de formar professores para suprir a carência na educação básica.

Políticas afirmativas — O Sisu também oferece vagas específicas para políticas afirmativas — essa informação estará disponível no sistema. Ao inscrever-se, o candidato deve informar se deseja concorrer a vagas de ampla concorrência ou de políticas afirmativas, que seguem o padrão adotado pela instituição de ensino, com base na decisão dos conselhos universitários.


Fonte: MEC

Veja mais publicações sugeridas para você

Vestibular 8763996648749586991

Dica promocional

Dica promocional
Transforme sua TV em Smart

PUBLICAÇÃO SUGERIDA

Edição 2017 da Maratona de Cruzes

Confira o vídeo resumo da reportagem da 34ª Maratona de Cruzes, do principal dia do evento. Realizada a 34ª Maratona de Cruzes, o eve...
continuar

No facebook

RECEBA ATUALIZAÇÕES

Podcast Política

Online agora